Rio de Janeiro,

quinta-feira, setembro 23, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Pedro Fernandes: “não há data fixa para retomada das aulas”

Mais lidas

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, o secretário de Estado de Educação Pedro Fernandes anunciou que não há previsão de retorno às aulas na rede estadual de ensino. Dessa forma, ele nega a informação de que as aulas poderiam ser retomadas a partir de 15 de setembro.

“Não há data fixa para que haja uma retomada. Ela acontecerá gradativamente, de maneira selecionada, facultativa e regionalizada”, afirmou o comandante da educação fluminense.

De acordo com Pedro, quando for autorizada a volta às aulas, ela acontecerá de forma gradual. Inicialmente, voltarão as escolas privadas e, semanas depois, as públicas. Apenas 1/3 da capacidade de alunos da escola estará autorizada a retornar.

“As escolas particulares vão voltar antes para que possamos medir o impacto. Caso não haja impacto nos números de infectados, retornaremos com as atividades na rede pública”, explicou Pedro Fernandes.

O secretário de Estado de Educação também afirmou que um protocolo montado pela Secretaria de Estado de Saúde para aquelas situações em que novos casos sejam confirmados nas unidades escolares após o retorno. “Esse protocolo vai desde o acompanhamento até o fechamento da escola, se necessário”, disse.

As escolas também seguirão um critério regional para retomada das atividades. Ou seja, estarão autorizadas a retornar as escolas que estiverem em regiões cujo risco de transmissibilidade da doença seja menor.

Pedro informou, ainda, que os alunos terão a opção de retornar ou não para as salas de aula. “Muitos ainda não se sentem seguros, então daremos essa opção para que possam escolher”, comentou o secretário.

Os profissionais que atuam na educação do estado começarão a ser testados para a doença a partir da próxima semana. Entretanto, profissionais do grupo de risco permanecerão trabalhando em regime home office.

spot_img
spot_img

Últimas noticias