Pesquisadores da UFRJ lideram projeto de Inteligência Artificial para diagnóstico de Covid-19

Foto: Douglas Macedo / Divulgação

Pesquisadores da Coppe/UFRJ estão trabalhando em um sistema que utiliza Inteligência Artificial para tornar mais rápida e eficaz a triagem e diagnóstico de pacientes vítimas da Covid-19 em estado grave. Aberto e reproduzível, o sistema será disponibilizado gratuitamente ao Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com os estudos, o sistema incorpora técnicas de processamento de imagens e reconhecimento de padrões para interpretação de exames médicos, sobretudo radiológicos, ajudando o médico na tomada de decisão, inclusive no atendimento à distância.

O novo sistema, em software, gera um escore de diagnóstico e uma estimativa da gravidade da doença. Ele permitirá uma avaliação rápida das imagens, apoiando o médico na decisão do encaminhamento do paciente para o tratamento, bem como auxiliará o planejamento e gerenciamento de leitos do sistema de saúde.

Segundo o professor do Programa de Engenharia Elétrica da Coppe, José Manoel de Seixas, em um país com dimensões continentais como o Brasil, um sistema de telemedicina de apoio ao diagnóstico permite antecipar o tratamento de pacientes potencialmente graves, aumentando as chances de sobrevivência, bem como melhorando o gerenciamento do sistema de saúde e a otimização de leitos.

Os conjuntos de dados que dão suporte ao trabalho serão específicos de pacientes com suspeita de infecção por coronavírus, e de dados públicos que se encontram disponíveis para os pesquisadores deste projeto, como o National Institutes of Health (NIH), nos EUA, que possuem 112.120 imagens de radiografia do tórax com 15 classes de diagnóstico.

O projeto conta com financiamento da Capes, que engloba R$ 100 mil para custeio, duas bolsas de mestrado, quatro de doutorado e três de pós-doutorado.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.