Pezão diz que governo espera regularizar salários de servidores até fim de agosto

Após reunião nesta quinta-feira (20), no Palácio do Planalto, com o presidente Michel Temer e a cúpula da área de segurança do governo federal, o governador licenciado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), afirmou que espera colocar em dia até o fim de agosto o salário dos servidores públicos estaduais.

A normalização dos pagamentos do funcionalismo, conforme Pezão, será possível em razão da venda da folha de pagamento do estado e do empréstimo federal de R$ 3,5 bilhões, viabilizado a partir da venda da Companhia de Água e Esgoto do estado (Cedae).

“A gente espera atualizar o pagamento dentro do mês de agosto. Temos a venda de folha de pagamento, que vai dar um valor significativo. Estamos contando com esses recursos em agosto. Dá pra colocar a folha em dia junto com o empréstimo”, destacou o governador.

Pelo acordo em discussão entre os governos federal e estadual – mas ainda sem data para ser fechado – o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) repassará o dinheiro da Cedae (o valor exato ainda está em discussão) aos cofres fluminenses, em troca do controle da companhia estatal.

Depois de assumir o controle da Cedae, o BNDES vai preparar a privatização da companhia de água e esgoto do Rio. Caso o valor obtido com a venda seja superior ao pago pelo governo federal, a diferença deve ser repassada ao estado.

“Estamos contratando uma empresa para ver o valor e o que vamos negociar. Não há modelo nenhum com relação à Cedae”, disse o governador.

O assunto será discutido novamente na próxima segunda-feira (24) em um encontro com o ministro Moreira Franco e com o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro.

Notícias Relacionadas