PF deflagra operação que investiga irregularidades em licitação da Casa da Moeda do Brasil

Divulgação

Divulgação

A Polícia Federal, em conjunto com a Corregedoria-Geral do Ministério da Fazenda, deflagrou na manhã desta sexta-feira (23/03), desdobramento da Operação Vícios que investiga irregularidades em licitação promovida pela Casa da Moeda do Brasil.

Há suspeita de que uma empresa privada tenha sido beneficiada no decorrer do procedimento licitatório, destinado à aquisição de equipamentos utilizados na fabricação de cédulas de dinheiro. Os equipamentos foram adquiridos pela Casa da Moeda por mais de trezentos milhões de reais.

Cerca de 25 policiais federais cumprem 6 mandados de busca e apreensão nos municípios de Rio de Janeiro (capital), São Paulo (capital), São José dos Campos/SP, Itajubá/MG e Brazópolis/MG, contando com o apoio de servidores da Corregedoria-Geral do Ministério da Fazenda.

A PF investiga o possível pagamento de vantagens indevidas para que houvesse interferência na licitação, ocorrida no ano de 2009; de modo a viabilizar o sucesso da empresa na concorrência.

A primeira etapa da Operação Vícios, deflagrada pela PF em julho de 2015, cumpriu 23 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, inclusive em dependências da Receita Federal e da própria Casa da Moeda.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.