Rio de Janeiro,

sábado, setembro 25, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Placas contra abandono de animais são instaladas em estrada

Mais lidas

Abandono de animais é crime” e “A cada minuto animais são abandonados. Mude esse destino. Adote!”. Placas com mensagens como essas foram instaladas em toda a extensão da Via Lagos.

A iniciativa da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, responsável pelas políticas públicas de Proteção e Bem Estar Animal (RJPet), tem o objetivo de coibir que bichos sejam “descartados” às margens das rodovias e também incentivar a adoção.

“Essa é uma campanha muito importante. Além de conscientizar contra o abandono e os maus-tratos, crimes muito graves, ela também estimula a adoção dos animais” afirmou o governador Cláudio Castro.

O secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz, destacou que a Via Lagos tem registrado um grande número de abandono.

“Estamos nos mobilizando, tivemos encontros com as polícias Rodoviária Federal, Civil e Militar para atuarmos com rigor em casos de abandono de animais em estradas. É importante lembrar que quem abandona um animal é criminoso” frisou o secretário.

Há pouco mais de um mês, Queiroz vivenciou esse problema. Ele passava de carro pela Via Lagos de madrugada, quando viu um cachorro desnorteado no meio da pista. O secretário resgatou o animal e o levou para casa. Dias depois, foi adotado e ganhou uma família.

“É importante ressaltar que a Lei de Proteção Animal está mais rigorosa, com pena de até cinco anos de reclusão”, acrescentou Queiroz.

Dados do IBGE e do Instituto Pet Brasil, de agosto do ano passado, apontaram que o Estado do Rio tinha cerca de 3,4 milhões de animais abandonados. Com a pandemia, estima-se que houve um aumento de cerca de 40%. Por isso, de acordo com o secretário, a intenção é instalar as placas educativas em todas as estradas do estado.

O motorista Paulo Roberto Chagas Sobrinho, que costuma passar pela Via Lagos, elogiou a iniciativa:

“Acredito que assim as pessoas vão se conscientizar mais a respeito do assunto. Já vi muitos animais perambulando pela pista, e nem sempre a gente pode parar e pegar. Mas espero que essa campanha dê resultados positivos” disse.

spot_img
spot_img

Últimas noticias