Rio de Janeiro,

quinta-feira, junho 24, 2021
spot_img

Leia a nossa última edição #37

Plataformas digitais para evitar filas em Niterói

Mais lidas

As plataformas digitais já fazem parte da nova realidade da rotina de serviços da Prefeitura de Niterói, a tecnologia visa facilita o acesso dos cidadãos a serviços e a informações sem precisarem sair de casa, evitando, assim, a necessidade de deslocamentos e de filas para atendimentos, e contribuindo para a redução de aglomerações na cidade.

A secretária municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Ellen Benedetti, ressalta que a transformação digital aliada às políticas municipais de apoio às famílias e às empresas para redução das desigualdades, torna-se, assim, mais um instrumento de apoio no combate aos efeitos da pandemia e de melhoria da qualidade de vida da população.

“A Prefeitura está trabalhando para digitalizar seus serviços, sempre com o foco na melhoria da prestação de serviços e atendimento ao cidadão. Atendimento por chat e vídeo serão, em breve, uma realidade em Niterói. Toda essa organização permitirá à Prefeitura realizar um grande trabalho de simplificação dos serviços, redução de etapas burocráticas além de proporcionar maior velocidade e qualidade do atendimento ao cidadão”, destaca a secretária.

Durante os 100 primeiros dias do governo, foi instituída uma Rede de Atendimento ao Cidadão com representantes de todas as secretarias, coordenadorias, fundações e autarquias da Prefeitura para a elaboração da Carta de Serviços. Mais de 280 agentes municipais foram envolvidos na estruturação dos serviços, inclusive atendentes, assistentes sociais, professores e agentes de saúde.

A Carta de Serviços é um catálogo com informações sobre locais, horários, canais e condições de atendimento para a sociedade acessar serviços públicos. Sua divulgação é um direito previsto no Código de Defesa ao Usuário do Serviço Público (Lei 13.460/2017).

“Os participantes da Rede de Atendimento ao Cidadão receberam treinamentos da equipe da Seplag, via Escola de Governo e Gestão (EGG), em parceria com outros municípios, estados e também do Governo Federal. Assim, iniciamos o trabalho de formação em atendimento ao cidadão, cultura digital e linguagem simples e acessível, para que tenhamos um governo cada vez mais centrado no cidadão”, afirma a secretária.

Com o lançamento do Portal de Serviços, a Prefeitura de Niterói dá um mais um passo rumo à transformação digital, com mais eficiência e sustentabilidade na prestação dos serviços. No site e aplicativo do “Portal de Serviços”, resultado de todo esse esforço e que reúne serviços digitais e informações sobre todos os serviços prestados ao cidadão pela administração municipal, a população pode obter a segunda via do IPTU, do ISS, obter informações sobre os programas assistenciais na pandemia, sobre castração de animais ou coleta de lixo, entre outros. Ele pode ser acessado pelo site e também ser baixado nas lojas de aplicativos pelo aplicativo “Serviços ao Cidadão”.

Gestão mais participativa – Com o objetivo de aproximar o cidadão do poder público por meio de uma gestão cada vez mais participativa, o Colab, que completa sete anos em novembro, foi uma das primeiras iniciativas neste processo de transformação dos serviços. Os números comprovam os resultados positivos: 68.618 usuários cadastrados, mais de 72 mil solicitações de serviços realizadas, taxa de resolução de 86%, média de 40 novas publicações por dia, 30 consultas públicas realizadas, sendo uma em vigor.

O coordenador de Comunicação Digital e Relacionamento com o Cidadão da Prefeitura de Niterói, Fernando Stern, ressalta que a plataforma foi desenvolvida para receber e gerenciar milhares de demandas dos cidadãos que chegam diariamente por diversos canais, que vão desde as redes sociais da Prefeitura, até a o balcão presencial de Administrações Regionais, passando pelas questões abordadas na ouvidoria da Secretaria de Saúde.

“Estamos muito animados com nossos resultados no relacionamento com o cidadão pelos meios digitais. Cada vez mais pessoas acessam os serviços e interagem com a Prefeitura pelas nossas plataformas e pelo Colab. Os cidadãos resolvem problemas, colaboram com a gestão da cidade e participam de processos de tomada de decisão pelo poder público”, afirma, lembrando ainda que a plataforma também é utilizada para fazer consultas públicas com a população. “Este ano já fizemos algumas com milhares de participantes, como a que foi para decidir sobre onde homenagear o ator Paulo Gustavo, que morreu nesta semana por complicações da Covid-19. No momento, estamos no ar com a consulta para escutar a população sobre as prioridades do plano plurianual de investimentos. Hoje, sem dúvidas, o Colab é nossa mais robusta experiência de relacionamento com o cidadão é uma iniciativa fundamental para a implementação de um governo mais digital”, acrescenta.

Para ter acesso ao Colab, o usuário deve baixá-lo na loja de aplicativos, inserir sua cidade e vincular à conta com o Facebook. Após instalar, é só fotografar a demanda e publicar. O Colab também pode ser usado no computador. A equipe de gestão do aplicativo direciona a reclamação para a secretaria responsável.

Atendente virtual – E as iniciativas não param por aí. O serviço do Disque Luz da Secretaria de Conservação de Serviços Públicos (Seconser) foi modernizado. Desde abril, quem buscar o serviço pelo telefone será atendido por uma atendente virtual. Por lá, o contribuinte poderá escolher entre as alternativas lâmpada apagada ou lâmpada acesa, e depois de um sinal sonoro, informar o nome e o endereço. Há também a opção de falar com a atendente caso a solicitação seja feita no horário comercial. O novo número de contato é o 0800 94 02 550.

A secretária municipal de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa, conta que este será o primeiro atendimento virtual da Seconser. O objetivo, de acordo com ela, é dar mais agilidade nas demandas da população, principalmente nos fins de semana.

“É uma inovação de um serviço oferecido pela Seconser desde 2013. Desta forma, o Disque Luz funciona 24 horas”, acrescenta.

Transparência – No fim do ano passado, o Portal da Transparência da Prefeitura de Niterói  também ganhou uma nova versão, desta vez mais acessível aos cidadãos. Foram desenvolvidas diferentes formas de apresentação dos dados, mecanismo de busca integrado e intuitivo, integração com redes sociais, maior e melhor oferta de dados abertos, adequação a plataformas móveis e maior interatividade.

“Com o lançamento do Novo Portal da Transparência avançamos com a pauta na cidade, demonstrando o comprometimento do governo com a transparência e a participação social”, pontua Ellen Benedetti.

spot_img

Últimas noticias