Polícia Civil deflagra operação contra prostituição infantil; ex-policial é preso por aliciar menores em SG e Maricá

Em operação deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (14/08), a Polícia Civil, em ação conjunta com a Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança e o Ministério Público-RJ, foi preso o ex-policial civil Alzemar Conceição dos Anjos e Jacqueline Nascimento de Almeida, suspeitos de chefiar uma quadrilha que explora três casas de prostituição infantil; duas em São Gonçalo e uma em Maricá.
 
A ação visa cumprir seis mandados de prisão preventiva e 10 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal de São Gonçalo. O ex-policial foi preso em casa, não apresentou resistência à prisão e havia sido expulso da corporação justamente por envolvimento com o crime. Investigações dão conta que, muitas dessas mulheres, ficavam em cárcere privado. O grupo aliciava as menores carentes e as levava para essas casas de prostituição, que apresentavam condições precárias de higiene básica. (Foto: Reprodução / TV Globo)
 
As investigações apontam ainda que Alzemar era o responsavel por todo o funcionamento das atividades, seja contratando as prostitutas, controlando a parte financeira, determinando funções dos demais “funcionários”, tal qual pagamento de salários, comissões e compra de bens de consumo para o exercício da atividade.
 
Uma das casas funcionava às margens da Rodovia Amaral Peixoto, na altura de Inoã. O espaço apresentava condições insalubres, tanto para as “garotas de programa”, quanto para os usuários do espaço. Os agentes da Polícia Civil chegaram ao espaço antes das 07h.
 
 

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.