Polícia Civil prende em Niterói suspeitos de fraudar licitação para compra de papel

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira, em Niterói, empresários suspeitos de fraudar uma licitação de R$ 10,6 milhões para o governo do estado. Equipes do Departamento de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro realizam a ação com apoio do Ministério Público estadual e da Controladoria-Geral do Estado. A Operação batizada de “La Casa de Papel” cumpre seis mandados de prisão, além de 15 mandados de busca e apreensão.

De acordo com a Polícia Civil, durante as investigações foi descoberto que um grupo ligado a duas empresas ganhou, em 2016, uma licitação para fornecimento de papel para a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão do governo Pezão. Um dos detalhes que chamou a atenção dos policiais foi que através de um único computador foi feita duas ofertas diferentes para mesma licitação, o que caracterizaria uma combinação para o pregão.

Os suspeitos vão responder pelos seguintes crimes de associação criminosa, falsidade ideológica e fraude a licitação.

Notícias Relacionadas