Polícia investiga caso de estupro na UFF

Divulgação

Divulgação

A Polícia Civil investiga um possível caso de estupro no Campus Gragoatá, da Universidade Federal Fluminense (UFF). A ação criminosa teria ocorrido entre 17h e 19h, de quarta-feira, em um dos banheiros da universidade do bloco A. 

Segundo a delegada Alriam Fernandes, titular da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam), a jovem procurou a distrital relatando o estupro. No depoimento contou que sofreu uma pancada forte na cabeça e acordou no banheiro da universidade, sem blusa. A vítima teria sido amparada por outra estudante. A jovem ainda contou na delegacia que havia vestígios de esperma em seus seios, mas teria lavado.

Imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas pela Deam. Além disso, a delegada quer identificar a outra estudante que amparou a vítima. Vigilantes do andar onde teria ocorrido o crime estão sendo ouvidos.

De acordo com estudantes da UFF, a falta de iluminação adequada e mato alto são problemas graves no campus.

Fique por dentro das principais notícias de Niterói, Maricá e Região, curta a página do ErreJota Notícias no Facebook; clique aqui e acesse!

UFF – A Universidade Federal Fluminense informa que está tomando todas as providências cabíveis para acolher e prestar auxílio à vítima do ato de violência ocorrido nessa semana. A Ouvidoria e a Pró-Reitoria de Graduação prestaram atendimento aos familiares e a Superintendência de Manutenção fez vistoria no local. A instituição está apurando os fatos e contribuindo com investigação em curso da Polícia Civil.

A vítima foi acolhida pelo Programa de Atendimento às Vítimas de Violência do Hospital Universitário Antonio Pedro, que está prestando acompanhamento médico e psicológico especializados. Além disso, a UFF está abrindo sindicância interna por orientação da Procuradoria Federal à UFF para apurar o ocorrido e tomar as medidas administrativas.

A Universidade Federal Fluminense reforça que repudia firmemente quaisquer atos de violência que possam ser cometidos contra a sua comunidade.

Notícias Relacionadas