Ponto facultativo nas repartições públicas de Maricá nesta terça-feira (29) por conta da greve dos caminhoneiros

A greve dos caminhoneiros forçou a Prefeitura de Maricá a decretar ponto facultativo nas repartições públicas nesta terça-feira (29/05). As dificuldades no deslocamento de funcionários e falta de insumos prejudicam o funcionamento dos serviços. A prefeitura vai avaliar se estende o ponto facultativo também para quarta-feira.

A Secretaria de Educação de Maricá também informou que as aulas da rede municipal de ensino estão suspensas nos dias 29 e 30 de maio, voltando ao normal apenas na próxima segunda-feira (04/06) por conta do feriado de Corpus Christi. A medida se deve ao desabastecimento de combustível, o que impossibilita a locomoção dos alunos e a falta de fornecimento de água.

Somente funcionarão os serviços considerados essenciais como o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inoã, plantões da Defesa Civil, Segurança, Ordem Pública e Trânsito, coleta de lixo, entre outros.

Mesmo com a proposta do governo federal, os caminhoneiros decidiram manter o movimento que deve se estender para outras categorias como a de petroleiros que anunciaram greve a partir das 23h desta terça.

Em Maricá, a segunda-feira foi atípica. Poucos carros nas ruas, comércio sem movimento e poucas pessoas circulando. As escolas particulares já dispensaram seus alunos e suspenderam as aulas.

Notícias Relacionadas