Pontos serão devolvidos e Maricá FC disputará acesso contra o Campos, decide STJD

Foto: Vitor Costa (FutRio)

Foto: Vitor Costa (FutRio)

Mantendo a decisão anterior de absolver o Maricá FC pela suposta escalação irregular do atacante Felipe Zuca, o Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decretou, nesta quarta-feira (21/11), que a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) devolva os pontos retirados da agremiação maricaense sejam devolvidos (apesar de manter o resultado do segundo turno, incluindo o título do Pérolas Negras) e que Maricá e Campos se enfrentem definindo o acesso e a vaga na decisão contra o Nova Cidade.

O Pleno do STJD havia absolvido o Maricá FC em 25 de outubro. Desde então a Série B2 está paralisada. No entanto, a FERJ interveio nos autos e inseriu embargos de declaração para que o campeonato tivesse continuidade na forma que estava – com o Maricá fora da disputa pelo acesso. Nos corredores do tribunal, isso surtiu como um pedido de ajuda da federação para dar continuidade ao campeonato já que, desorganizados e perdidos, seus diretores não sabiam o que fazer, pois a devolução dos pontos faria o torneio retroceder três fases. O Tribunal, no entanto, não definiu como seria feita a reinclusão do time maricaense na disputa, ficando a cargo da própria FERJ a reorganização da Terceirona e suas datas.

No entanto, o ponto fundamental decidido por João Bosco Luz, relator do processo, com sugestão da Procuradoria, é que os pontos devolvidos ao Maricá valem somente para a classificação geral. O clube, desta forma, pula para o segundo lugar e passa a ser adversário do Campos, que inicialmente estava garantido na final. O resultado do segundo turno, com o título do Pérolas Negras, e o acesso do Nova Cidade, com a consequente vaga na Série B1 foram, desta forma, homologados, no que se chamou de uma “decisão salomônica” entre os demais auditores.

Na prática, o único jogo que passa a realmente não valer é o do do Campos, contra o Queimados. O time da Baixada Fluminense, assim, é eliminado, enquanto o Roxinho volta uma fase e vai ter que disputar o acesso contra o Maricá, em dois jogos e com desvantagem do empate. Quem vencer, enfrenta o Nova Cidade na decisão. A FERJ, sendo notificada, deverá publicar a decisão nos próximos dias.

*com informações do site FutRio

Notícias Relacionadas