Procon Estadual interdita mercado e descarta 400kg de produtos na Baixada e São Gonçalo

O Procon Estadual realizou nova etapa da Operação Secos e Molhados nesta quarta-feira (21/03). Os fiscais vistoriaram 12 supermercados em Bairros de São Gonçalo e nos municípios de Mesquita e Queimados, na Baixada Fluminense. Dos 12 supermercados fiscalizados, 10 deles foram autuados. A fiscalização descartou 399kg e 238g de alimentos impróprios ao consumo.

O Supermercado Novo Mundo, em Queimados, ficará interditado até sanar todos os problemas apontados pelos fiscais. O supermercado não apresentou alvará de funcionamento e nele havia baratas e moscas, vivas e mortas encontradas na área de preparo de alimentos da padaria. Além disso, as câmaras de congelados e resfriados possuíam piso rugoso e ferrugem nas prateleiras, piso rachado e com buracos na área de preparação de fatiados e laticínios, o ralo estava sem proteção e não era sifonado. A câmara da padaria tinha o piso rachado e remendado. A fiscalização encontrou 22kg e 800g de massa de pizza sem especificação de sua data de validade. Os agentes determinaram o reforço da dedetização e a troca dos ralos que não possuíam proteção contra a entrada de insetos.

Apenas na filial do Supermarket de Alcântara, localizada na Estrada Raul Veiga, 237, os fiscais descartaram 211kg e 600g de produtos impróprios ao consumo. Entre os alimentos, que estavam sem especificação de prazo de vencimento e expostos à manipulação direta do consumidor, havia carnes e linguiças diversas, bacon e ainda 5kg e 600g de carne previamente moída na máquina de moer. As câmaras do açougue apresentavam problemas estruturais, como: piso quebrado e rugoso, teto descascado e com bolor. Havia prateleiras de madeira na câmara de laticínios. Os fiscais deram o prazo de 15 dias para realizar os devidos reparos.

Apenas dois supermercados, localizados em Mesquita e São Gonçalo, não apresentaram irregularidades.

Notícias Relacionadas