spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #69

spot_img
spot_imgspot_img

Procon Itinerante atende no Recanto de Itaipuaçu até quarta-feira, 31

spot_imgspot_img

Mais lidas

Mais uma edição do Procon Itinerante, uma iniciativa da Prefeitura de Maricá por meio da Secretaria de Defesa do Consumidor, teve início nesta segunda-feira, 29. A tenda foi montada em frente ao ponto das vans no Recanto de Itaipuaçu e irá atender à população até esta quarta-feira, 31, sempre das 10h às 16h.

A equipe vai tirar dúvidas de quem for até o local e, dependendo do caso, também poderá abrir reclamações através do cadastro de informações preliminares (CIP). “É bom que a pessoa esteja com a documentação em mãos para que possamos agilizar a sua demanda. A reclamação feita com a CIP já pode sair daqui pronta”, explicou a advogada Adriana Monteiro, responsável pelo atendimento e pelas orientações no local.

A principal queixa dos primeiros consumidores que passaram pela tenda é contra a concessionária de energia elétrica Enel, que vem causando uma série de transtornos à população desde o Natal e é alvo de uma ação civil pública impetrada pela Prefeitura de Maricá. A vendedora Ana Paula Ferreira, de 43 anos, revelou que foi obrigada a comprar uma nova geladeira, porque teve a anterior danificada pelas constantes quedas de energia onde mora.

“Não bastasse isso, minha conta quase triplicou de valor justamente nesse período em que fiquei muito tempo sem luz. Foi bom vir aqui porque me ajudou a esclarecer alguns pontos e me orientou como proceder”, contou a moradora do loteamento Rincão Mimoso.

Como uma queixa semelhante, a gari Patrícia Oliveira também procurou a tenda do Procon Itinerante. “Tive quatro quedas de luz seguidas no fim do ano, e minha noite de Natal foi sem luz. O pessoal aqui tirou minhas dúvidas, gostei das orientações”, afirmou ela, que tem 45 anos e mora no loteamento Vivendas, em Inoã, que é o próximo bairro a receber a tenda a partir da próxima segunda-feira (05/02).

Documentos necessários

Para abrir um processo no Procon, o consumidor precisa levar identidade, CPF (original e xerox), comprovante de residência (original e xerox), documentos comprobatórios (extrato bancário, cartão de crédito, faturas de telefonia, ou/e contratos, as seis últimas faturas que comprove relação de consumo com o fornecedor/empresa), nome, CNPJ, e-mail e número de telefone da empresa reclamada e protocolo de reclamação/atendimento com a empresa.

A Secretaria de Defesa do Consumidor e do Procon Maricá disponibiliza números para denúncia, são eles: 99961-0190 ou 96738-7962 (também WhatsApp). Vale destacar que a Secretaria é o órgão responsável por articular, defender e orientar os consumidores maricaenses e também responsável por fiscalizar os comércios do Município de Maricá.

O atendimento presencial pode ser feito na Casa do Consumidor, localizada na Rua Aloísio Costa e Silva, 154 (antigo nº18), no Parque Eldorado (na região do Centro da cidade), ou na Sede Distrital da Prefeitura em Itaipuaçu (Rua Van Lerbergue nº 249, Jardim Atlântico Oeste).

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img