spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #72

spot_img
spot_imgspot_img

Procon-RJ identifica variação de cerca de 35% no valor do arroz e do feijão em estabelecimentos de Niterói

spot_imgspot_img

Mais lidas

O Procon Estadual do Rio de Janeiro realizou levantamento de preços de produtos que são base da alimentação dos brasileiros em estabelecimentos em Niterói e outros municípios das Regiões Metropolitana, Serrana, da Costa Verde dos Lagos, Norte e Sul Fluminense.

A pesquisa foi solicitada pela Secretaria Estadual de Defesa do Consumidor para monitorar os valores do arroz e feijão, a fim de apurar se a isenção de ICMS concedida pelo estado sobre a circulação destes dois alimentos irá trazer redução de preço ao consumidor. Os agentes identificaram variação de até 37% no arroz e de até 35% no feijão, quando comparado o produto de igual marca em diferentes supermercados do mesmo município.

A pesquisa e análise dos preços foram realizadas entre os dias  20 e 29 de outubro. A oscilação do preço do feijão em Niterói foi a mesma que em Nova Iguaçu. O arroz vendido no município variou no máximo 18%, sendo a cidade que teve a menor alteração de preço do produto na Região Metropolitana.

Outros itens pesquisados que fazem parte da base alimentar dos brasileiros também foram avaliados. A economia que o consumidor pode fazer ao comprar o leite em Niterói, é de R$3,91.

O presidente do Procon-RJ alerta que apesar da lei estadual 9391/21 ter entrado em vigor no dia 02/09, os efeitos da isenção incidirão a partir do primeiro dia de novembro, conforme regulamentado por decreto.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img