Procon-RJ lança cartilha com orientações para compras na Black Friday

No próximo mês, acontecerá a Black Friday, época em que os lojistas promovem descontos e ofertas arrasadoras. Para informar a população e fornecedores, o Procon Estadual do Rio de Janeiro, preparou uma cartilha com dicas para consumidores que farão compras em sites ou lojas físicas durante a Black Friday. O material também servirá como guia para os comerciantes ficarem atentos aos procedimentos de preços, na oferta, garantia, troca, entrega e na segurança do site, os principais pontos para os consumidores ficarem atentos.

Recomenda-se que o consumidor pesquise os preços dos produtos em sites e lojas diferentes. A pesquisa será um parâmetro para saber se os produtos estão com preços realmente promocionais. Evitando que o comprador caia na “pegadinha da maquiagem de preço”, quando o fornecedor aumenta o valor do produto com antecedência para simular um grande desconto.

“É um evento importante para o comércio e desenvolvimento da economia, e uma oportunidade que o consumidor aguarda para comprar aquele produto que deseja com um desconto especial. É importante o consumidor ter atenção com a comparação de preços e a seriedade e idoneidade do fornecedor para não ter frustração. Quanto aos fornecedores é importante preservar a credibilidade do evento”, declarou o presidente do Procon-RJ, o Cássio Coelho.

Além da cartilha, o Procon-RJ está monitorando os preços dos principais produtos vendidos na Black Friday. A pesquisa está sendo realizada desde o mês de setembro e irá ajudar os consumidores a comparar se determinados itens realmente estão com desconto. Em breve o material será publicado nas redes sócias oficiais do Procon-RJ.

Atenção ao preço

O consumidor precisa prestar atenção no valor à vista e parcelado do produto. Alguns fornecedores informam com destaque apenas o valor da parcela e em letras miúdas a quantidade de prestação. Essa é uma prática que desrespeita o CDC – Código de Defesa do Consumidor – e pode induzir a erro.

Cuidado com a garantia estendida

Nesse momento de ofertas, muitas lojas embutem o valor da garantia estendida no produto, o que não é permitido, então é muito importante estar atento para não cair em armadilhas.

Se optar pela garantia estendida, antes de contratar, peça para ler a apólice e verifique aquilo que de fato será coberto por este tipo de garantia, assim como aquilo que não estará coberto.

Prazo de troca

Algumas lojas físicas não permitem a troca de produtos comprados na Black Friday, o que é permitido, desde que a informação esteja clara para consumidor. Segundo o CDC, o fornecedor não tem obrigação de trocar o produto se este não apresenta vício ou defeito. Por isso é muito importante perguntar sobre a política de troca da loja e ter certeza do que está comprando.

Já nas compras realizadas pela internet ou fora do estabelecimento comercial, existe o direito de arrependimento. Portanto, o consumidor que efetuou a compra de algum produto ou contratou algum serviço fora do estabelecimento comercial, tem até 7 dias a contar da data compra ou do recebimento do produto/serviço, para se arrepender e solicitar o cancelamento da compra.

Segurança no comércio eletrônico

Ao entrar no site, confira na barra do navegador se o endereço eletrônico usa o protocolo HTTPS e se é exibido um ícone em forma de cadeado fechado. Isso indica que o site é seguro e possui certificado digital.

Sites com preços muito abaixo do mercado, precisam de atenção! O consumidor deve desconfiar desse tipo de e-commerce. Ao efetuar a compra, não esquecer de capturar todas as telas. Guardar todos os e-mails de confirmação do pedido, pagamento e qualquer outra comunicação que receba da loja também é imprescindível.

Para acessar todas as orientações do Procon-RJ, acesse a cartilha através link: https://bit.ly/proconrj-cartilha-black-friday.

Caso não haja o cumprimento da oferta, cabe reclamação no Procon-RJ, autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico. Se o consumidor verificar alguma irregularidade, é importante denunciar. As denúncias e reclamações podem ser feitas através dos canais de atendimento online. Utilize o computador e acesse o site www.procononline.rj.gov.br ou baixe o aplicativo “Procon RJ” no seu smartphone.

Notícias Relacionadas