spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #69

spot_img
spot_imgspot_img

Procura pela vacina contra dengue na rede privada esgota doses em Niterói

spot_imgspot_img

Mais lidas

A primeira remessa da vacina contra a dengue chegou no Brasil no sábado (20/01). A imunização será oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e ao todo foram 720 mil doses de Qdenga. Mas na rede privada de vacinas em Niterói a dose, que já era oferecida desde ano passado, a procura é grande.

Clique aqui para seguir o Errejota Notícias pelo WhatsApp

Na Vacinare, em Icaraí, a cada dose do imunizante custa R$ 480 e para essa semana não tem previsão de nova remessa. O farmacêutico Daniel Haffner explicou que a procura está muito alta. “Essa vacina existe na rede privada desde ano passado e na semana passada recebemos um lote, mas já esgotou. A procura está bem grande”, comentou.

Na VivaImune, outro laboratório de vacinas, cada dose está sendo vendida por R$ 450. “Eu acho que é um dinheiro que vale a pena. Quando a gente fala de saúde a gente fala de investimento e não de gasto”, comentou a técnica em enfermagem Josiane Luís.

REDE PÚBLICA

Nos próximos dias, o Ministério da Saúde detalhará a lista dos municípios e a estratégia de vacinação pelo SUS. A pasta receberá ainda cerca de 600 mil doses gratuitas da fabricante, totalizando 1,32 milhão. Além disso, o governo comprou 5,2 milhões de doses que serão gradualmente entregues até novembro.

A imunização será com duas doses com intervalo mínimo de 90 dias entre elas. A previsão é que as primeiras doses sejam aplicadas em fevereiro. As vacinas serão destinadas a municípios de grande porte com alta transmissão nos últimos dez anos e população residente igual ou maior que 100 mil habitantes. O público alvo é de 04 a 50 anos.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img