Profissionais do Samu recebem treinamento e homenageiam Aldair de Linda e Rosana Horta

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) de Maricá realizou nesta terça-feira (13/03) seu primeiro workshop de 2018, com aula teórica de manhã e prática à tarde em primeiros socorros. Cinquenta profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, motoristas e secretárias do Hospital Conde Modesto Leal receberam no pátio da unidade um treinamento para situações de parada cardiorrespiratória, acidente vascular cerebral (AVC) e extricação – imobilização de vítimas de acidente automobilístico. Eles serão multiplicadores dos conhecimentos com os demais colegas de equipe não presentes.

“Reforçamos o protocolo padrão do atendimento de urgência visando a reciclagem dos profissionais”, justifica Leonardo Ribeiro da Silva, coordenador de Frota do Samu. “Até quem não está na linha de frente do socorro médico precisa valorizar os socorristas, experimentando mesmo que por simulação a adrenalina da função, que atende sob chuva, linha de tiro e todo tipo de adversidade”, ressalta o cardiologista e intensivista Rodrigo Chiarelli, coordenador de Base do Samu Maricá.

As aulas foram ministradas por três enfermeiros, dois de Maricá e um de São Gonçalo. O presidente da Câmara Municipal, vereador Aldair de Linda, e a primeira dama do Executivo, Rosana Horta, foram homenageados no evento pelo apoio. Outros dois cursos semelhantes estão programados para este ano, porém ainda sem data definida. A central de atendimento público do Samu pelo número de telefone 192 fica em Niterói, que distribui as chamadas de ocorrências para outros seis municípios: Maricá, São Gonçalo, Rio Bonito, Itaboraí, Tanguá e Silva Jardim.

“Achei excelente. Bom para reforçar e renovar conhecimentos. A troca de informações para se atualizar é sempre necessário”, elogiou Mauricio Cardoso Gonçalves, motorista desde agosto que recebeu seu primeiro treinamento em primeiros socorros. A atividade também foi muito bem recebida pelos funcionários mais antigos: “Reciclar é algo fundamental para mim, que faço sempre meu trabalho como se fosse a primeira vez, com bastante energia e sem acomodação”, afirmou a técnica de enfermagem Márcia Cruz, conhecida como La Toya, há 15 anos servindo à rede de saúde de Maricá.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.