Programa de Artesanato cadastra artesãos de Saquarema

A Prefeitura de Saquarema e a Secretaria de Estado de Turismo (SETUR-RJ) realizaram o primeiro cadastramento dos artesãos do município. Apoiada pela Subsecretaria Municipal de Cultura, a ação foi feita no dia 09/04 e atendeu 101 artesãos locais, tendo como finalidade conhecer o perfil de cada artesão e diagnosticar suas características e necessidades.

Durante o evento, que também contou com uma palestra ministrada por Nea Mariozz, coordenadora do programa de artesanato do Estado, os artesãos receberam dicas sobre empreendedorismo e puderam conhecer os benefícios para os profissionais regularmente cadastrados. Uma vez inscrito no programa, o artesão terá acesso à Carteira Nacional do Artesão, emitida pelo Governo Federal; participação em feiras do Programa de Artesanato Brasileiro; Divulgação, Capacitação e Qualificação; Microcréditos e Comercialização de seus produtos. O Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro busca reconhecer o artesanato como atividade econômica geradora de desenvolvimento regional, com todo o seu foco voltado para a prática de ações que visam o empreendedorismo.

Os artesãos que não puderam comparecer ao cadastramento realizado em Saquarema poderão fazer em municípios vizinhos. Para isso, basta acompanhar a página da Secretaria Estadual de Turismo para saber o calendário de visitas dos técnicos da SETUR-RJ no Estado.
 
ARTESANATO DIVERSIFICADO E LIGADO À NATUREZA
Em Saquarema, a cultura do artesanato é bastante forte e viva. Além disso, as peças produzidas sempre remetem à natureza ou elementos da cidade. A Igreja Nossa Senhora de Nazareth e o mar são as maiores inspirações dos artesãos e os preferidos de moradores e turistas.

Utilizando matéria-prima natural ou reciclável, o artesanato é tradicionalmente a produção de caráter familiar, na qual o produtor possui os meios de produção e trabalha com a família em sua própria casa, realizando as etapas da produção, desde o preparo da matéria-prima, até o acabamento.

Em Saquarema, a Praça Oscar de Macedo Soares, no Centro da cidade, é o principal ponto de comércio do artesanato municipal. Nos finais de semana, os artesãos se reúnem para expor e vender seus produtos aos moradores e turistas. Além disso, a Casa de Cultura é outro ponto que recebe exposições e mostras dos artesãos.

Notícias Relacionadas