Rio de Janeiro,

domingo, agosto 14, 2022
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #51

PT-RJ define apoio à Freixo nesta sexta (05)

Mais lidas

Após a resolução apresentada pelo presidente do PT-RJ, João Maurício, à Executiva Estadual para que a legenda não dedique esforços em apoiar Marcelo Freixo (PSB) para governador, a Executiva Nacional do PT deverá decidir nesta sexta (05) se caminhará com o deputado federal ou não na corrida ao Palácio Guanabara. A indefinição acontece por conta da candidatura ao senado de Alessandro Molon (PSB).

O PT tem, em André Ceciliano (PT), seu candidato ao Senado Federal, e teria acordado com a Executiva Nacional do PSB que teria essa posição na chapa de Freixo. No entanto, Molon, que é presidente do partido no estado do Rio, diz não ter participado desse acordo e mantém firme a posição em ser candidato.

De acordo com a jornalista Julia Duailibi, da GloboNews, em uma reunião que teria acontecido nesta quinta (04), a Executiva Nacional do PT deram um prazo para que o PSB retire a candidatura de Molon ao Senado, apoiando, assim, André Ceciliano.

Em nota, a presidente nacional do PT Gleisi Hoffmann afirma esperar que o PSB “confirme o cumprimento do acordo político em torno dessa unidade”.

Vale lembrar que, na última terça, o PT-RJ saiu da aliança que consagra Freixo como o candidato ao Governo do Estado. Todavia, a decisão do diretório precisa ser referendada pela Executiva Nacional. De acordo com a lei eleitoral, o PT-RJ tem até esta sexta (05) para realizar sua convenção definindo os candidatos e apoios no próximo pleito.

Importante destacar que o candidato à presidência pelo PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, já declarou por várias vezes apoio à Marcelo Freixo. O PSB indicou, inclusive, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin como candidato à vice-presidente na chapa de Lula.

No entanto, setores do PT-RJ estão apoiando a candidatura do ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT). Caso do ex-prefeito de Maricá e vice-presidente nacional do PT, Washington Quaquá. Seu filho, Diego Zeidan, que é vice-prefeito de Maricá, também declarou apoio à Rodrigo.

spot_img
spot_img

Últimas noticias