Rede de solidariedade começa a se formar para reerguer quiosque no Recanto

Apenas uma estrutura fundacional, que está abalada e condenada por conta da intensidade das chamas, sobrou no local. | Foto: Ruy Machado

Após perder tudo no incêndio que destruiu dois quiosques no Recanto de Itaipuaçu, a comerciante Valéria Chrispim reúne forças para recomeçar. Mas quem disse que será sozinha? Ela contará com a ajuda de uma rede de solidariedade que se formou.

Valéria abriu uma conta poupança para que todos que desejarem contribuir com qualquer quantia, possam. Esses dados estarão no final desse texto. O genro de Valéria, Igor, também arrumou uma forma de ajudar; uma rifa de 24 cupcakes está sendo vendida à R$ 5 (cinco reais) cada número. Até o fechamento dessa matéria, 74% dos números já haviam sido vendidos. Quem quiser participar, pode fazê-lo clicando aqui.

“Com fé em Deus e Nossa Senhora de Aparecida, a quem somos devotos, nós vamos conseguir nos reerguer”, conta Valéria, que tinha a expectativa de voltar para o mesmo ponto e aproveitar a estrutura de fundação que sobrou. Entretanto, devido à intensidade das chamas, não será possível, já que está abalada.

Apesar da necessidade de arrecadar valores, equipamentos e insumos, o que Valéria pediu, antes de tudo, tem valor espiritual. “Orações. Principalmente. Antes até de qualquer ajuda física”, disse Valéria.

Quem quiser ajudar com qualquer valor pode realizar depósitos através de uma conta poupança no banco Bradesco. Agência: 1186 / Conta Poupança: 1003625-9, em nome de Valéria Chrispim de Souza Giangiarulo. O ErreJota Notícias está nessa corrente de solidariedade. Quem quiser e puder ajudar, seja com quantia em dinheiro, seja com equipamentos e insumos, pode entrar em contato com o nosso WhatsApp, (21) 97119-8947. Nossa equipe fará a intermediação entre quem ajudar e os quiosqueiros afetados.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.