Regularização fundiária é tema de evento do Conselho de Arquitetura de Urbanismo em Maricá

Foto: Gabriel Reis

Foto: Gabriel Reis

A cidade de Maricá sedia, nos dias 16 e 17 de maio, a primeira edição regional do Encontro com a Sociedade do Conselho de Arquitetura de Urbanismo (CAU/RJ). Com o tema “Regularização Fundiária”, o evento vai discutir com a sociedade as demandas comuns dos profissionais de arquitetura e urbanismo e trazer novos debates à cena urbana. Aberto a arquitetos e urbanistas e ao público em geral, encontro ocorrerá no Centro de Artes e Esportes Unificados, na rodovia Amaral Peixoto, km 27, Itapeba.

O VII Encontro com a Sociedade tem como tema central Assistência Técnica de Interesse Social. O evento de Maricá quer aproximar as discussões das regiões Norte Fluminense e Leste Metropolitano a temática da Regularização Fundiária. “Entendemos que a regularização fundiária urbana e rural são instrumentos para a garantida de efetivação do mandamento constitucional de função social da propriedade. A nova Lei de Regularização Fundiária impôs várias mudanças. Discutir e entender a nova regra é fundamental”, afirmou o conselheiro do CAU/RJ Daniel Mendes.

Além de mesas-redondas, debates e palestras, o Encontro com a Sociedade inova ao incluir na programação visitas técnicas. “Nossa proposta é aproximar o CAU/RJ do território, onde as contradições da sociedade contemporânea se evidenciam no espaço”, explicou a vice-presidente Isabel Tostes, que este ano organiza o evento ao lado da também vice-presidente Nadir Moreira.

As próximas edições regionais do VII Encontro com a Sociedade são: Nova Iguaçu e Angra dos Reis. Os assuntos em discussão serão “assessoria técnica” e “riscos ambientais e habitação de interesse social”, respectivamente. O encontro final, que reunirá todas as reflexões dos eventos regionais, ocorrerá no Rio de Janeiro em novembro. Datas, locais e programação serão divulgados posteriormente pelo CAU/RJ.

Para o presidente do CAU/RJ, Jeferson Salazar, chegou o momento do Conselho se aproximar das demandas dos profissionais e da sociedade de todo o estado do Rio de Janeiro. “Precisamos estar mais próximos dos arquitetos e urbanistas que atuam e vivem no interior do estado. Já reformulamos a programação do nosso Atendimento Itinerante para ampliarmos a presença do CAU/RJ no interior.  Agora, lançamos o desafio de realizarmos o Encontro com a Sociedade fora da capital. Iniciamos com três encontros regionais. Em 2019, pretendemos ir a outros municípios”, defendeu Jeferson Salazar.

 

Notícias Relacionadas