Rio está em estágio de crise; Maricá está sob controle

Foto: Redes Sociais
Foto: Redes Sociais

A cidade do Rio de Janeiro está em estágio de crise por conta das fortes chuvas que atingiram a cidade na noite desta segunda-feira (08) e que prometem se estender por toda a madrugada. Diversos bairros da cidade registram quedas de árvores, vias alagadas e um verdadeiro rastro de caos.

Em quatro horas de temporal, já choveu mais do que nos dias 06 e 07 de fevereiro, quando seis pessoas morreram em transtornos causados pela tempestade. O município entrou em estágio de atenção por volta das 18h30 e próximo das 21h avançou para o estágio de crise, o mais grave de três níveis de risco.

Motivo de maior preocupação por conta dos deslizamentos de terra e edificações com pouca firmeza, 19 comunidades registraram o acionamento de sirenes (trinta e cinco sirenes ao total). Ainda não há registros de feridos.

A Zona Sul da cidade é um dos pontos mais afetados. O Jardim Botânico está debaixo d’água. Verdadeiros rios se formaram nas vias, arrastando carros com a forte correnteza. Em Copacabana diversas ruas também estão alagadas, levando muito perigo para quem tenta voltar pra casa nessa noite.

Na Gávea, um homem morreu. Testemunhas disseram que ele era um motociclista que acabou sendo derrubado pela força da água e se afogou. Bombeiros foram até o local. Ainda não está confirmada a morte por afogamento.

Maricá registrou chuva forte em diversos pontos durante a tarde, mas sem grandes transtornos. Não há registros de vias alagadas ou de outros problemas causados por vento ou chuva. A Defesa Civil Municipal alerta para que, em caso de risco, o morador acione-a através do número 199 ou 2637-1999.

Em Niterói e São Gonçalo chove forte. Diversos relâmpagos caem e assustam os niteroienses. Há registros de alagamentos, sobretudo em Icaraí. O Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil de Niterói informou que, em uma hora de chuva, foram 34 mm de precipitação no Morro do Estado; 31,6 mm em Jurujuba e 31,2 mm no Cavalão.

Maiores acumulados pluviométricos registrados em 4 horas no Rio de Janeiro

Jardim Botânico: 188,6 mm

Alto da Boa Vista: 174,8 mm

Rocinha: 166,8 mm

Barra/Barrinha: 155,2 mm

Vidigal: 140,8 mm

Barra/Rio Centro: 134,8 mm

Copacabana: 133,2 mm

Jacarepaguá/Cidade de Deus: 121,8 mm

Urca: 82,6 mm

Tijuca: 75,0 mm

(atualização: 21h15 / Fonte: Alerta Rio)

{mp4}3235{/mp4}

Notícias Relacionadas