RODOVIAS DO MEDO: Arrastões deixam motoristas em pânico

Divulgação
Divulgação

Na noite deste último domingo, motoristas que passavam pela RJ-104 viveram momentos de pânico durante um arrastão. O caso ocorreu na altura da Comunidade Nova Grécia, por volta das 21h45. A via é a principal ligação para quem sai de São Gonçalo e Niterói e deseja acessar Maricá. 

No caso de domingo, imagens divulgadas através das redes sociais mostram motoristas abandonando carros e procurando abrigo atrás da mureta, enquanto policiais militares corriam para tentar prender os criminosos.

Casos de arrastão estão se tornando cada vez mais frequentes nas rodovias do Rio. Na BR-101 (Niterói-Manilha), apenas neste último fim de semana, três casos de roubos foram registrados. Em um deles, um vídeo mostra caminhoneiros bloqueando a via para tentar impedir a fuga dos bandidos, e ao mesmo tempo alertando os policiais rodoviários.

Vários problemas são relatados pelos motoristas, entre eles estão a falta de iluminação e o baixo efetivo das polícias militar e rodoviária federal.

“Passamos por estas rodovias com frequência e notamos que algumas situações contribuem para as ações criminosas. Quando falamos das RJs o problema está na falta de manutenção, sinalização, radares em locais de comunidade e pouca fiscalização da polícia. Na BR-101 a principal questão é que a via corta muitas regiões dominadas pelo tráfico e o acesso destes criminosos é muito fácil e sem qualquer combate”, disse Carlos Martins, funcionário público.

De acordo com a PRF, nos dois primeiros meses deste ano 196 veículos foram roubados na BR-101 e também foram registrados 40 roubos de carga no mesmo período.

Um dos últimos casos aconteceu na madrugada de domingo. Bandidos armados tentaram roubar um carro e trocaram tiros com policiais. Depois do tiroteio, os criminosos fugiram. Ainda na mesma região e no mesmo dia, homens armados roubaram dois carros. Novamente houve confronto entre policiais e bandidos.

Já na manhã desta segunda-feira, policiais militares da RECOM recuperaram uma carga de 3 toneladas peixes – salmão, bacalhau – após intensa troca de tiros no Campo do Urubu, no Boaçu. Os dois funcionários que haviam sido sequestrados no trecho Niterói-Manilha da BR-101, na altura da Praia das Pedrinhas, foram resgatados sem ferimentos.

Relembrando – Na RJ-106, no último dia 26 de março, motoristas viveram momentos de tensão quando passavam pelo KM 12 da Rodovia Amaral Peixoto, a RJ-106, na altura da Serra do Calaboca, em Inoã, depois que homens armados renderam um motorista e levaram um veículo. Na ação, carros que vinham em seguida voltaram na contramão.

 

Notícias Relacionadas