São Gonçalo: Dimas Gadelha denuncia novo ataque com Fake News

O candidato da coligação “São Gonçalo Pode Mais”, Dimas Gadelha, denunciou novo ataque com  Fake News, que circulou nas redes sociais e edição impressa, na manhã deste sábado (21).

Segundo a assessoria jurídica do candidato, nas primeiras horas deste sábado, 21 de novembro, foi veiculado na internet uma edição digital e impressa, distribuída gratuitamente, do jornal O Povo, onde vincularia a campanha do candidato da coligação “São Gonçalo Pode Mais” ao atual prefeito da cidade. A Justiça Eleitoral já foi acionada.

Segundo o advogado da coligação que reúne PT, PDT, REDE, PROS e PODEMOS, Marcelo Larangeira, o caso não é o único que a equipe prepara denuncia à Justiça eleitoral.

“Estamos sofrendo uma série de ataques cibernéticos e não vamos nos calar. Estamos denunciando aos órgãos competentes, para que essas publicações sejam alvo de investigação e respondam civil e criminalmente. Fake News é crime, de acordo com a Lei 13.834/2019, compartilhar Fake News nas redes sociais prevê pena de até oito anos de prisão e multa. É bom que todos tenham ciência disso. Esse jornal publica matéria tendenciosa e mentirosa sobre o apoio do prefeito”, alertou o advogado.

Dimas relatou que os ataques se intensificaram desde que foi o mais bem votado no primeiro turno da eleição municipal.

“É nítido que algumas páginas na internet não agem com lisura e publicam calúnias e difamação direcionadas a nossa campanha. Mas, não vamos nos calar, por que prezamos pela democracia e pela verdade. O país já vive tempos difíceis demais para continuar cercado por gente que espalha mentiras e calúnias todo o tempo. Enquanto eles perdem tempo criando imagens e mentiras contra a nossa campanha, a gente segue firme na luta por uma cidade melhor com projetos concretos de políticas públicas para a sociedade’, afirmou o candidato.

Veja a publicação:

Notícias Relacionadas