São Gonçalo estuda estratégias para alavancar pólo industrial

Um encontro entre empresário e o poder executivo de São Gonçalo foi realizado para traçar estratégias para fortalecer o setor industrial da cidade, alinhadas com políticas voltadas para a Segurança Pública, a fim de potencializar o Polo de Guaxindiba e atrair mais investimentos.

A união entre Município, Estado e iniciativa privada é considerada pela atual gestão a chave para um ambiente mais favorável para as indústrias, evitando a migração de segmentos para outros estados do Sudeste. Desde o início da gestão do novo prefeito de São Gonçalo está em constante diálogo com o empresariado, visando a atração de novos negócios e a ampliação dos já existentes no município para retomar a economia no cenário pós-Covid.

“A BBraun é uma das mais importantes indústrias do nosso município e eles apresentaram alguns pontos importantes e nós, enquanto governo, estamos criando um plano estratégico para o desenvolvimento da cidade como um todo, que parte de Segurança Pública e também de infraestrutura. Já estamos trabalhando para oferecer um ambiente melhor para o setor”, comentou o secretário de Desenvolvimento Econômico de São Gonçalo, Marcio Picanço, que estava acompanhado do subsecretário Alex Asth.

O diretor presidente da B.Braun,  Bert Bender, destacou como o cenário foi mudando ao longo de mais de três décadas e que uma melhora no setor de segurança beneficiaria a todos.

“Estamos aqui há 35 anos e o cenário era totalmente diferente do que encontramos hoje no entorno da empresa. Temos muitos comércios na região que sofrem com a violência e queremos que todos tenham uma vida tranquila no nosso bairro. Não podemos achar normal essa situação que estamos vivendo hoje e acho necessário a união de todos na busca pela melhor solução”, disse o diretor-presidente da B. Braun, Bert Bender.

O gerente de segurança corporativa da empresa, Erik Barros, corrobora e lembra que as ações de segurança precisam vir acompanhadas de ações que envolvam o empresariado e o Estado.

“Desenvolvemos um plano estratégico para a cidade, iniciando pelo Arsenal e Guaxindiba, que envolve a segurança como uma atividade meio para garantir a inclusão da sociedade, através de ações e projetos sociais, urbanização da região em uma Parceria Público Privada (PPP). Esse planejamento envolve não só a B.Braun, mas as indústrias, de uma forma geral, através de polos empresariais, e a Prefeitura de São Gonçalo. Queremos também trazer para dentro deste projeto o Governo do Estado”, detalhou Erik Barros.

Um dia após a reunião, na última quarta-feira, a cidade de São Gonçalo passou a contar com mais 115 agentes de segurança patrulhando a cidade diariamente, através do programa São Gonçalo Presente. Uma das principais medidas desta nova etapa será o auxílio no combate ao roubo de carga no município.

“Vamos entrar com o São Gonçalo Presente na RJ-106, principalmente no trecho crítico entre os bairros de Tribobó e Rio do Ouro, para reduzir a incidência do roubo de carga na região”, afirmou o secretário de Ordem Pública, Major David Ricardo, que vê no fundo municipal uma ótima oportunidade para garantir investimentos em segurança para o município.

“O fundo municipal, que o prefeito já enviou para a Câmara, se aprovado, poderá garantir um aporte de recursos para ampliar o policiamento e investimentos em segurança no município, de forma a ocupar os espaços e diminuir os índices de violência”, finalizou o secretário.

 

Notícias Relacionadas