Saúde estimula uso do DIU em São Gonçalo

Com o objetivo de oferecer às mulheres um contraceptivo eficaz, seguro e livre dos possíveis riscos de trombose, problema comum no uso de pílulas, injetáveis e adesivos anticoncepcionais, há quatro anos, o Sistema Único de Saúde (SUS) iniciou o serviço para colocação do dispositivo intrauterino (DIU). De acordo com o secretário de Saúde, Dimas Gadelha, a procura ainda é muito baixa em São Gonçalo.

“O procedimento de colocação do DIU está à disposição das mulheres no Hospital Municipal Dr. Luiz Palmier (HLP), mas a procura ainda é baixa no município. Queremos ressaltar que o método só oferece vantagens para as usuárias, a começar pelo cuidado com a saúde”, alerta o secretário Dimas Gadelha.

Segundo dados mensais de atendimentos, apesar da qualidade e segurança oferecidas através do uso do DIU, o HLP recebe, em média, apenas oito mulheres por mês para submeter ao procedimento. A capacidade mensal da unidade chega a 50, portanto, atende menos de 16% da sua lotação.

Segundo a coordenadora municipal de Saúde da Mulher, Jaqueline Moreira, após a implantação do DIU, o único cuidado que a mulher deve ter é fazer ultrassom para ter certeza de que o dispositivo está no lugar certo.

“O DIU é um método de barreira onde o dispositivo de cobre é introduzido no útero e impede que o espermatozóide encontre o óvulo. O procedimento é rápido, simples e protege por 10 anos. Quando a mulher decidir engravidar é só procurar o médico e retirar, pois sua fertilidade voltará ao normal”, explica a ginecologista.

O DIU utilizado na rede pública municipal é feito de cobre – metal não tóxico – não causa alergia, não possui hormônio e não oferece riscos para a saúde.

As mulheres interessadas em realizar o procedimento devem comparecer ao PAM Coelho portando encaminhamento da Unidade Básica de Saúde (UBS) de origem, com o resultado de exame de sangue dando negativo para sífilis e diabetes e de preventivo realizado nos últimos seis meses.

A marcação é feita, diariamente, no Pam Coelho, e todas às quartas-feiras, das 8h às 15h, no Hospital Municipal Dr. Luiz Palmier, localizado no Complexo Hospitalar Luiz Palmier, no bairro Zé Garoto.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.