Rio de Janeiro,

sábado, setembro 18, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Secretário Estadual de Administração Penitenciária é preso pela PF

Mais lidas

O Secretário Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, Raphael Montenegro, foi preso nesta terça-feira (17) pela Polícia Federal (PF).

De acordo com as investigações, Montenegro e os outros dois agentes públicos detidos na operação negociavam benefícios indevidos com chefes de facções criminosas. Os crimes seriam praticados em troca de influência sobre os locais de domínio de traficantes e outras vantagens ilícitas.

Ainda segundo a PF, os servidores liberavam a entrada de pessoas e itens proibidos em unidades prisionais estaduais e também teriam soltado um criminoso de alta periculosidade que tinha em aberto mandados de prisão.

A ação é batizada de Simonia em referência a uma prática medieval em que detentores de cargos trocavam benefícios ilegítimos por vantagens espúrias.

Quarenta agentes da Polícia Federal saíram às ruas para cumprir os três mandados de prisão preventiva e cinco de mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região. O secretário tem foro por prerrogativa de função.

Exoneração

Em nota enviada à imprensa, o governador Cláudio Castro, comunicou a exoneração do cardo nesta terça-feira (17) de Montenegro.

Em seu lugar, assume o delegado federal Victor Hugo Poubel. Segundo o governo, a substituição já havia sido decidida na semana passada e aguardava os trâmites da cessão do servidor público federal.

Com relação à operação deflagrada nesta manhã pela Polícia Federal, o governo se compromete a auxiliar no aprofundamento das apurações.

Ainda nesta manhã, o governador falou com o ministro da Justiça, Anderson Torres, colocando o Estado à disposição e reforçando que o governo é o maior interessado no esclarecimento dos fatos.

spot_img
spot_img

Últimas noticias