spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Segundo maior loteamento plano da América Latina, Itaipuaçu recebe rede de esgoto

spot_imgspot_img

Mais lidas

Chegou a vez do segundo maior loteamento plano da América Latina receber rede de esgotamento sanitário; a Companhia de Saneamento de Maricá (Sanemar) iniciou, nesta terça (18), as obras para instalação da rede coletora de esgoto no quarto distrito da cidade. Um investimento de aproximadamente R$ 200 milhões para melhorar a qualidade de vida no bairro que registra o maior crescimento de adensamento populacional do município.

“A gente já vem atuando em Itaipuaçu com urbanização, drenagem, asfaltamento, mas uma obra fundamental, vital e infra-estruturante é o saneamento básico. Isso garante, certamente, em um diálogo com a Águas do Rio para que a gente avance com a água e concilie essas duas essenciais e crie sinergia em um processo tão importante”, afirmou o prefeito de Maricá Fabiano Horta.

“Iniciar uma obra deste tamanho, com um investimento de mais de R$ 200 milhões, vai garantir em um curto espaço de tempo que a gente crie as condições que Itaipuaçu merece, com a infraestrutura necessária para que o tão sonhado desenvolvimento chegue”, acredita o prefeito.

Ao todo, serão instalados mais de 100 km de rede em 30 meses. Obra que pode causar transtornos durante um tempo, mas que promete proporcionar mais saúde para os moradores do distrito. “Essa obra, no Jardim Atlântico Leste, representa 103 km de rede de esgoto em um município que teve, nos últimos 50 anos, apenas 40 km de rede instalada – e no Centro da cidade”, disse a presidente da Sanemar, Rita Rocha.

“Em dois anos de Sanemar, iniciar uma obra como essa é um marco. Essa é uma obra de 30 meses que vai passar na porta de cada morador do bairro e a gente comemora o início dessa grande obra de saneamento aqui em Itaipuaçu, distrito que mais cresce em Maricá”, completou a presidente.

Quem tem história com o distrito se emocionou ao ver tamanho avanço. “Itaipuaçu tem o peso de uma cidade. Sabemos que o Jardim Atlântico é o segundo maior loteamento plano da América Latina e o crescimento de Itaipuaçu é muito maior que os outros distritos. A minha vida começou aqui, trabalho aqui desde os 13 anos de idade. O pouco que eu tenho devo ao Jardim Atlântico Leste. Fico muito feliz ao ver esse avanço”, comemorou o presidente da Câmara de Maricá, Aldair de Linda (PT).

O deputado estadual Renato Machado (PT) lembrou dos tempos em que foi presidente da Autarquia de Serviços de Obras de Maricá (SOMAR). “A gente tinha essa frustração de ter feito tanta coisa como secretário de Governo e presidente da SOMAR mas sem contribuir com o saneamento na cidade. Tivemos uma impossibilidade administrativa durante décadas”, lamentou.

“Infelizmente, nunca fomos tratados com o devido respeito pela CEDAE [então responsável pelo esgotamento sanitário da cidade]. Tenho que parabenizar o prefeito pela ousadia de ser o único município de trazer o esgoto para a própria responsabilidade do estado do Rio de Janeiro”, afirmou Renato.

Durante a cerimônia, foram assinados, ainda, os contratos que vão levar saneamento básico para Inoã e São José do Imbassaí. Ao todo, quase 300 km de rede coletora serão instalados nos quatro distritos de Maricá pela Sanemar nos próximos cinco anos.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img