Senado votará aumento de pena para maus-tratos contra cães e gatos

O Plenário do Senado deve votar na sessão da próxima terça-feira (8) projeto que aumenta a pena para quem abusa, fere ou mutila cães e gatos. O projeto eleva a pena atual, de detenção de três meses a um ano e multa, para reclusão de dois a cinco anos e multa.

Além de aumentar a pena prevista na Lei n° 9.605/1998 para quem praticar atos de abuso e maus-tratos ou mutilação contra animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, o Projeto de Lei lista a prática de zoofilia como agravante.

A proposta é de iniciativa do deputado Ricardo Izar (PSD-SP).

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.