spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #70

spot_img
spot_imgspot_img

Sequestro de ônibus: passageiros poderão remarcar passagens sem custos

spot_imgspot_img

Mais lidas

Passageiros que estavam com viagem marcada para terça-feira (12/03) e tiveram prejuízos, por conta do sequestro do ônibus em que Paulo Sérgio de Lima manteve 17 pessoas reféns em um coletivo na Rodoviária Novo Rio, têm garantia de remarcação ou troca das passagens.

A Rodoviária do Rio S/A informou que todos com passagens compradas para terça-feira (12/03) devem remarcar os bilhetes e as 41 viações farão as trocas e cancelamentos sem prejuízos aos viajantes. Basta fazer contato com as empresas de ônibus.

Paulo teria confessado que estava tentando fugir de uma possível retaliação depois de desavenças com envolvidos em uma facção criminosa. Durante o embarque para Juiz de Fora, o homem de 29 anos, teria disparado contra um passageiro ao achar que ele seria um policial. Depois fez as pessoas de reféns. Os tiros atingiram duas vítimas que estavam fora do ônibus da viação Sampaio.

Os atingidos por estilhaços foram atendidas no posto ambulatorial da própria Rodoviária Novo Rio. Um homem, Bruno Lima da Costa Soares, de 34 anos, foi encaminhado no Hospital Municipal Souza Aguiar e permanece internado.

Segundo a PM, o sequestrador já havia sido preso em 2019 por roubo e deixou o sistema penitenciário em março de 2022. Ele morava na favela da Rocinha e fazia parte do crime organizado.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img