Sonho da casa própria perto de se tornar real para 500 famílias gonçalenses

Foto: Prefeitura de São Gonçalo/Lucas Alvarenga
O empreendimento habitacional Campo Belo 1 e 2, do programa Casa Verde e Amarela, no bairro da Marambaia, recebeu visita técnica da Prefeitura de São Gonçalo.  A ação teve como objetivo verificar o andamento das obras, cuja a previsão de término é julho deste ano.
O edital de convocação com a listagem de beneficiários foi publicado nesta segunda-feira (12). O objetivo, nesse momento, é recolher a documentação para análise da Caixa Econômica Federal para que os beneficiários possam ser contemplados com o programa.
O empreendimento, que irá beneficiar 500 famílias, está em fase final, dependendo apenas de alguns detalhes e ajustes. A pavimentação será a última etapa, uma vez que máquinas de grande porte ainda transitam pelo canteiro de obras. Além disso, a creche, que irá beneficiar mais de 370 crianças da comunidade, também está com obras adiantadas.
“Viemos realizar essa visita para entender o cronograma da obra e avaliar se o prazo estabelecido para entrega, de fato, será cumprido. Aproveitamos também para vistoriar a obra da creche, que vai atender 375 crianças. A Prefeitura, junto ao Governo Federal, está empenhada em realizar a seleção dessas famílias que de fato precisam de uma moradia, com cuidado e olhar técnico, atendendo da melhor forma possível”, avaliou o secretário de Governo, Fabio Vianna de Araújo.
Com as obras perto do fim, a secretária de Habitação, Mariana Mendes Nogueira, explica as próximas fases do processo de seleção dos novos moradores. O edital pode ser conferido através do link https://servicos.saogoncalo.rj.gov.br/diario/2021_04_12.pdf
“As obras estão muito bem encaminhadas e estamos na fase de convocação das pessoas para entrega de documentação. Vamos encaminhar os dados para a Caixa, que fará a análise, dentro de parâmetros e critérios técnicos,  a fim de aprovar os novos moradores”, explicou Mariana, que não esconde a satisfação por participar dessa iniciativa.
“Estamos lidando com o sonho dessas 500 famílias. Temos moradores em situação de rua, idosos e outras pessoas que sonharam uma vida inteira com isso e, hoje, poder participar dessa entrega é motivo de muita satisfação”, finalizou.
Com um total de 10 blocos finalizados de um universo de 25, o diretor de Engenharia da CAC Engenharia enfatiza os cuidados tomados contra a covid-19 no canteiro de obras. Ele garante o cronograma junto ao município e aos futuros moradores.
“Vamos entregar uma obra com todos os equipamentos necessários para habitação, com área de lazer, tratamento de esgoto, reserva de água para três dias e tudo independente para os dois condomínios. Dos 25 blocos, 10 já estão prontos e o restante está por acabamento e pintura. Em razão da pandemia, criamos várias barreiras para conter a entrada do vírus, com direito a túnel de desinfecção e a utilização de EPIs no canteiro de obras, além de muita informação para frisar a importância dos cuidados. Com essas medidas, tivemos poucos casos e conseguimos seguir o cronograma, já que o setor da construção é um serviço essencial, e vamos cumprir esse prazo com o município e os futuros moradores”, disse.

Notícias Relacionadas