Surto de conjuntivite registra mais de mil casos em Maricá

Aquela sensação de ter os olhos queimando e lacrimejando, com coceira frequente, é sinal de conjuntivite, que tem aumento de cerca de 40% dos casos nessa época de verão. Na cidade do Rio, a doença já é considerada surto e, por conta disso, a prefeitura fez um alerta em todas as unidades de saúde para intensificar o atendimento. Em São Gonçalo, o número de casos também aumentou consideravelmente. 3

Em Maricá, o diagnóstico também aumentou. Cerca de 1.000 casos foram registrados na cidade, o que significa mais de 50 casos diagnosticados por dia no Hospital Conde Modesto Leal. A recomendação da Secretaria de Saúde é que as pessoas lavem as mãos com frequência e evitem coçar os olhos.

Por ser altamente contagiosa, é comum a disseminação da doença em núcleos familiares e ambientes de trabalho. Portanto, quem contrai conjuntivite é obrigado a entrar de licença médica.

SAIBA MAIS

O QUE É?

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, a membrana fina e transparente que reveste a parte branca dos olhos e o interior das pálpebras. Além da conjuntivite viral, existe a tóxica ou alérgica, que é causada pela penetração de filtro solar, maquiagem e outros cosméticos nos olhos

SINTOMAS

Olhos avermelhados e lacrimejantes

Sensação de corpo estranho ou areia no olho

Coceira

Inchaço nas pálpebras

Desconforto com a claridade

TRATAMENTO

No caso de aparecerem os sintomas, é imprescindível procurar um médico

Em geral, é indicado o uso de colírio anti-inflamatório

Compressas de água gelada também são recomendadas para aliviar os sintomas

 

Notícias Relacionadas