Suspensa licitação para novos radares na RJ-106

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu a licitação para contratação de uma nova empresa responsável pela instalação dos radares na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), que corta os municípios de Niterói, São Gonçalo e Maricá. A informação foi divulgada pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER), que alega que o trâmite licitatório passa por análises e ainda não há previsão para o início do processo de concorrência. Desde novembro do ano passado, a via segue sem redutores eletrônicos e o problema vem gerando transtornos aos pedestres em diversos trechos.

Na ocasião, o DER informou que os radares foram retirados devido ao término do contrato com a empresa prestadora do serviço, e o edital de licitação estava previsto para ser lançado no final do mês de janeiro. No entanto, com a suspensão do processo, os moradores dos bairros no entorno da rodovia são os principais prejudicados. Sem os radares eletrônicos que advertem a redução da velocidade para 60 km/h ou 50 km/h, dependendo do trecho, a via transformou-se em uma zona de risco tanto para os pedestres que arriscam travessias fora das passarelas quanto aos condutores que trafegam acima da velocidade.

Em nota, o DER informou que enquanto o processo de licitação não tem andamento, o órgão segue operando na rodovia com radares móveis, principalmente em feriados e datas de maior movimentação na via.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.