spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #72

spot_img
spot_imgspot_img

Teatro das Oprimidas realiza atividades culturais gratuitas em Maricá a partir desta quarta (3)

spot_imgspot_img

Mais lidas

O projeto Teatro das Oprimidas promove de 03 a 12 de novembro uma série de atividades culturais gratuitas realizada no Centro de Esportes Unificados (CEU).

Com o intuito de fortalecer a cena cultural da cidade, o evento é aberto ao público em geral e terá como ponto de partida um encontro geral do projeto Teatro das Oprimidas em Maricá no dia 03, contando com a participação de diversos parceiros e coletivos culturais, representantes de diversos movimentos sociais e secretarias.

A grande novidade está a cargo do Curso de Formação em Teatro do Oprimido e Teatro das Oprimidas, ministrado por Monique Rodrigues e Marcelo Dantas. O curso tem o objetivo de capacitar indivíduos que tenham vínculo com grupos e coletivos que trabalham com o social e possam difundir a metodologia na cidade.

“O Teatro das Oprimidas é resultado da necessidade de desenvolver produções teatrais nas quais as mulheres não sejam culpabilizadas pelas violências machistas que enfrentam, e de ampliar a participação de artistas-ativistas como facilitadoras desses processos de produção e do diálogo com o público nas sessões de Teatro Fórum” reitera Bárbara Santos, criadora da metodologia. 

Para entender o que é Teatro do Oprimido e Teatro das Oprimidas as pessoas sentirão na prática a vivência, mas o curso também apresenta os princípios teóricos que fundamentam as metodologias teatrais. O curso abre a série de oficinas de difusão da metodologia criada por Bárbara Santos (Teatro das Oprimidas) e Augusto Boal (Teatro do Oprimido). As pessoas interessadas devem acompanhar as redes sociais da renomada instituição para acessar as próximas datas.

As atividades se encerram no dia 12 com o evento de finalização do curso, onde haverá a apresentação do produto artístico criado ao longo do processo, com participação de poesias, vídeos-performances produzidos pelo grupo CriadasOprimidas, o laboratório de criação artística do projeto e uma roda de conversa sobre a metodologia teatral considerada revolucionária nos quatro cantos do mundo.

O evento segue respeitando as normas de segurança da OMS contra COVID-19, com limite de 30 pessoas por sessão com uso de máscara e álcool em gel constantemente. As ações do projeto Teatro das Oprimidas do CTO tem patrocínio da Petrobras e da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

PROGRAMAÇÃO – MARATONA CULTURAL PISCINÃO

Data: 03 de novembro
Encontro Geral do Projeto Teatro das Oprimidas na cidade de Maricá
Horário: 14h às 16h
Local: Centro de Esportes Unificados (CEU)
Endereço: Rodovia Amaral Peixoto, s/n, Km 27,5 – Mumbuca – Maricá

Data: 08 a 12 de novembro
Curso de Formação em Teatro do Oprimido e Teatro das Oprimidas
Horário: 13h às 18h
Local: Centro de Esportes Unificados (CEU)
Endereço: Rodovia Amaral Peixoto, s/n, Km 27,5 – Mumbuca – Marica

ENTRADA FRANCA

Facebook: www.facebook.com/centrodeteatrodooprimido

Youtube: www.youtube.com/ctorio

Instagram: www.instagram.com/centrodeteatrodooprimido

SOBRE O PROJETO TEATRO DAS OPRIMIDAS

O projeto Teatro das Oprimidas tem como objetivo geral fortalecer os Grupos Teatrais Populares de TO (Teatro do Oprimido e Teatro das Oprimidas), ampliando seus raios de atuação para além das cidades do Rio e Niterói e chegando em Duque de Caxias, Itaboraí, Macaé, Maricá, Nova Iguaçu e São Gonçalo, realizando oficinas de TO para estimular multiplicadoras/res e cenas que mobilizem alternativas transformadoras para a juventude, em espaços populares e institucionais, com a metodologia da Estética, do Teatro do Oprimido e do Teatro das Oprimidas.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img