TEMER QUER COBRAR IMPOSTO DE RENDA DE 35%

Depois de gastar R$ 13,4 bilhões em emendas parlamentares para se salvar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, o governo de Michel Temer pensa em tirar da gaveta projetos de aumentos de impostos a fim de reforçar os cofres públicos a partir de 2018.

Entre esses projetos, a equipe econômica estuda uma alíquota maior do Imposto de Renda. Parte dos técnicos defende cobrança de até 35% para as pessoas físicas no ano que vem. A alíquota vai incidir justamente sobre o 1% mais rico da população, que é onde ainda se encontram apoiadores de MT. 

Além dessa medida, governo pensa em instituir uma tributação sobre lucros e dividendos. É possível que a fraqueza de Temer diante de gravíssimas denúncias de corrupção não permita, no entanto, que ele tenha força para aprovar medidas impopulares como essa.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.