Termina nesta quinta-feira (14) o prazo para confirmação de matrícula da rede estadual

aluno

O prazo para a confirmação presencial da matrícula na rede estadual, termina nesta quinta-feira (14). Os documentos exigidos pela Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) devem ser levados para a apresentação na escola. Sem a confirmação nesta data, o aluno terá que dar início a um novo processo de matrícula, no dia 27 de janeiro.

Caso o aluno alocado na 1ª fase da Matrícula 2021, ou o seu responsável, não possa comparecer na data de agendamento informada no site para apresentação dos documentos exigidos, deverá, preferencialmente, entrar em contato com o colégio para marcar nova data, ou ir diretamente à unidade para garantir sua vaga.

Documentação – No ato da confirmação da matrícula, é necessário apresentar originais e cópias dos seguintes documentos:

– Certidão de Nascimento ou Casamento, Carteira de Identidade ou documento que a substitua;

– CPF, se possuir, original (será devolvido no ato);

– Histórico Escolar ou Declaração da última unidade escolar em que estudou, constando a série para a qual o aluno está habilitado, ficando o original na escola;

– Carteira de Identidade e CPF do responsável legal, no caso de menor de 18 anos, original e cópia; laudo comprobatório de deficiências declaradas (se for o caso);

– Comprovante de residência com o mesmo endereço informado no ato da inscrição da matrícula;

– Atestado médico específico para a prática de atividade física de alto rendimento, no caso de matrícula nas unidades escolares com Ensino Médio Vocacionado ao Esporte.
Nova oportunidade- A 2ª fase de matrículas já tem data para acontecer. Os dias 25 e 26 de janeiro de 2021 serão dedicados exclusivamente aos alunos que se inscreveram na 1ª fase de pré-matrícula e não foram alocados em nenhuma unidade escolar. A partir do dia 27 de janeiro, as oportunidades serão para aqueles que não confirmaram matrícula e para quem não se inscreveu.

Diferente da fase anterior, essa é uma etapa concorrente, em que as vagas disponíveis são as remanescentes da 1ª fase, e o candidato escolhe apenas uma escola. A alocação é feita de forma imediata, por ordem de conclusão da inscrição e de acordo com a disponibilidade de vagas.

 

Notícias Relacionadas