Tráfico de drogas determina “toque de recolher” aos comerciantes em São José

Foto: Reprodução / Facebook Danilo Santos

Após um homem ser baleado e outro ser morto na Comunidade da Linha, em São José do Imbassaí, pessoas ligadas ao tráfico de drogas teriam determinado um “toque de recolher” aos comerciantes em São José do Imbassaí nesta sexta (16). Alguns estabelecimentos, receosos, optaram por não abrir as portas, temendo represálias.

“Ouvi uns tiros ontem. O bairro tá parecendo ‘velho oeste'”, disse um morador da proximidade, que já teme por conta da insegurança do local. Uma escola municipal que funciona no bairro encerrou as atividades mais cedo por conta do medo da violência. “Devido aos últimos acontecimentos no bairro, excepcionalmente hoje, fecharemos a escola às 13h”, enviou a direção da escola aos pais e responsáveis.

Um estabelecimento, nas redes sociais, comunicou que não irá funcionar. “Infelizmente estamos impedidos de exercer as nossas atividades hoje devido um ‘toque de recolher’ no bairro de São José. Decretado pelos traficantes da região os comércios deverão ficar fechados até segunda ordem! Estamos muito tristes em não poder atende-los hoje. Nosso site está fechado, e atendimento presencial também!”, diz o comunicado do comércio.

O vereador Danilo Santos (PDT) também fez uma publicação nas redes sociais denunciando a ação do tráfico. “Segundo denúncias, traficantes mandaram fechar o comércio do Marine em São José do Imbassaí após a morte de um homem. Um absurdo a evolução e ousadia de grupos criminosos em nossa Cidade. Irei encaminhar a denúncia às Autoridades para devidas providências!”, publicou.

Procurada, a Polícia Militar informou que recebeu a informação do “toque de recolher” através das redes sociais e que reforçou o policiamento no local.

Notícias Relacionadas