TRF-4 decide: Lula deve sair da prisão neste domingo (08) e Sérgio Moro proíbe a Polícia Federal de cumprir mandado de soltura

Foto: Marlene Bergamo/Folhapress

Foto: Marlene Bergamo/Folhapress

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região deferiu uma liminar para que o ex-presidente Lula seja solto ainda neste domingo (07). 

O desembargador Rogério Favreto acatou habeas corpus apresentado na sexta (06) pelos deputados Wadih Damous, Paulo Pimenta e Paulo Teixeira, do PT, pedindo que ele fosse libertado imediatamente pois não haveria fundamento jurídico para a prisão dele.

O plantão do TRF-4 confirmou a informação. Segundo o plantonista Luís Felipe Santo, os parlamentares estão agora na sede da Polícia Federal tentando fazer com que a ordem seja cumprida. Lula está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba (PR) desde o dia 07 de abril.

De acordo com o Deputado Federal, Wadih Damous, que está em Curitiba, a decisão foi entregue ao chefe da Polícia Federal há mais de quatro horas, ou seja, por volta das 8h da manhã. O parlamentar denuncia uma possível tentativa de manobra do juiz singular, Sérgio Moro, para impedir a soltura do ex-presidente. Moro divulgou uma nota onde afirma que o Desembargador do TRF-4 é incompetente para julgar o pedido de liberdade e proíbe a soltura de Lula.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.