Troca do piso e na rede de esgoto adiam mais uma vez a entrega do hospital de campanha de SG

A novela sobre a entrega do hospital de campanha de São Gonçalo ganhou mais um capítulo. A unidade que seria entregue nesta quinta-feira (28) precisará passar por uma troca de pisos. Além disso, a obra para instalação da rede de esgoto do hospital ainda não havia sido concluída.

De acordo com o Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas), a reforma em São Gonçalo é necessária porque o chão da unidade foi contaminado com piche após uma vistoria realizada pelo deputado estadual Felipe Poubel (PSL).

Somente após a troca do piso, a equipe médica e de engenharia poderá informar quando a unidade será entregue.

A unidade em São Gonçalo possui 28 dias de atraso. O hospital terá 200 leitos – 80 de unidade de terapia intensiva e 120 de enfermaria.

Casos – De acordo com o boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de São Gonçalo registrou mais cinco óbitos em decorrência do novo Coronavírus (Covid-19), nesta quinta-feira (28), chegando a 159 no total.

Ao todo, São Gonçalo contabiliza 7746 casos suspeitos, 1449 confirmados, 633 descartados, 213 curados, 159 óbitos confirmados e 26 óbitos em investigação.

 

 

Notícias Relacionadas