URGENTE: Rodrigo Neves tem prisão preventiva revogada

Divulgação
Divulgação

Com o adiamento do julgamento sobre aceitação da denúncia contra o prefeito de Niterói, afastado, Rodrigo Neves, a justiça decidiu por 6 votos contra 1, que Neves poderá aguardar a decisão em casa. Outros três acusados na Operação Alameda vão responder em liberdade. A Justiça também autorizou sua volta ao cargo.

Mais cedo – O julgamento da aceitação da denúncia contra o prefeito afastado de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), e o pedido de agravo regimental feito pela defesa foi adiado novamente, depois que três desembargadores pediram vista do processo. Outros dois magistrados já haviam encaminhado parecer favorável ao recebimento da denúncia e um rejeitado. A nova data ainda não foi divulgada. 

Entenda – Rodrigo Neves (PDT) é suspeito de ter desviado mais de R$ 10 milhões da verba de transporte do município entre 2014 e 2018. O prefeito de Niterói está preso desde o dia 10 de dezembro, alvo da Operação Alameda, um desdobramento da Lava Jato no Rio. 

 

Notícias Relacionadas