Vacinação contra o Sarampo atinge pouco mais de 30% da meta

Desde o início da campanha, em 13/01, 1 milhão de pessoas foram imunizadas. No entanto, o número representa apenas um terço da meta do governo estadual, de 3 milhões. A faixa etária recomendada para a vacinação é de 6 meses de idade até 59 anos, mas as crianças fazem parte do grupo mais vulnerável.

Dos 658 casos no estado desde o ano passado, 412 foram registrados em crianças com até 9 anos, representando 62,6%. Em 2020, foram confirmados 21 casos de sarampo em Niterói e um caso em Maricá. O secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, aponta que quem se vacina, garante a própria proteção e de quem não pode se vacinar.

“A vacinação é uma responsabilidade de todos nós, é uma questão de cidadania. No caso do sarampo, a vacina é a única forma de prevenir a doença, então não podemos abrir mão dessa proteção. Também é importante que outras doenças, como o coronavírus, não desviem a atenção devida ao sarampo. Enquanto o Covid-19 registra apenas casos importados no estado, sem transmissão local, o sarampo é um perigo muito mais próximo, altamente contagioso e que fez a primeira vítima depois de vinte anos”, alerta o secretário Edmar.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.