Vereador Marcinho da Construção cobra sinalização de vias em Inoã e Itaipuaçu e líder do Governo, Fabrício Bittencourt, esclarece planejamento

Na sessão da Câmara Municipal de Maricá da última segunda-feira (05/03), o vereador Marcinho da Construção (DEM) cobrou de forma mais intensa ações de sinalização de vias asfaltadas recentemente pela Prefeitura nos distrito de Itaipuaçu e Inoã. O parlamentar direcionou as críticas para a Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito.

“Tenho indicações feitas no início do ano passado de sinalização em cruzamentos e em frente a creches e escolas que até agora não foram atendidas. Temos visto diversos acidentes acontecendo diariamente que poderiam ser evitados com essa sinalização. Se a vida de uma pessoa ou de uma criança não é prioridade, então eu não sei o que é prioridade”, afirmou Marcinho.

O líder do Governo na Câmara, Fabrício Bittencourt (PTB), rebateu as acusações e falou do planejamento de sinalização viária realizada pela Secretaria.

“O município de Maricá vem fazendo um trabalho amplo de ordenamento viário e tem trabalhado em vários distritos sem caráter de pessoalidade atendendo sempre o interesse da coletividade. Ocorre que esse tipo de serviço depende das condições climáticas, haja vista, ser um trabalho técnico e nos meses que se iniciam o ano há chuvas torrenciais em nossa região”, disse Bittencourt.

O vereador falou ainda sobre a sinalização que está sendo feita em toda a cidade e ressaltou que locais estratégicos estão sendo atendidos inicialmente.

“Os serviços de sinalização obedecem a um planejamento e prioridades impostas pela engenharia viária visando sempre dirimir os conflitos de mobilidade urbana. Em que pese a alegação de que algumas solicitações ainda não foram atendidas, creio que não devam prosperar, pois antes de se perquirir o bom direito, devemos avaliar quantos habitantes serão beneficiados com aquela ação, assim são os projetos públicos, as ações públicas devem ser pautadas em quantas pessoas serão beneficiadas com aquela ação, assim se definem as prioridades nas ações e planejamentos públicos”, enfatizou Fabrício.

Marcinho falou ainda sobre os investimentos feitos no Centro da cidade e disse que a mesma atenção deveria ser dada em todos os bairros de Maricá.

“Me parece que “prioridade” é sinônimo de “visibilidade”. Não estou dizendo que não deve haver obras no Centro ou na beira da rodovia, mas em Inoã e Itaipuaçu, por exemplo, existem lugares que um simples redutor de velocidade ou uma placa de sinalização já seriam suficientes para evitar um acidente. Por ser uma das Secretarias que mais recebe recursos, precisa sim atuar em todo município” concluiu o vereador.

Fabrício Bittencourt disse que o Centro e o seu entorno tem prioridade em razão do grande deslocamento da população para o local.

“O Centro e seu entorno recebem maior investimento viário porque toda a população se desloca para o mesmo. Os demais distritos são contemplados de acordo com o planejamento viário em andamento sem caráter de pessoalidade, sempre atendendo o interesse da coletividade. Um planejamento estratégico executado pelas equipes técnicas que visam atender demandas de interesse coletivo e não pessoais, entendendo que são mais de 500 quilômetros de asfalto e temos dois anos e meio para concluir esses serviços dentro de um planejamento”, finalizou o parlamentar.

Notícias Relacionadas