Vereadores de Maricá debatem acidentes na RJ-106

Romário Barros

Romário Barros

No último final de semana uma jovem de 16 anos, grávida de seis meses, foi atropelada e morta na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), altura do antigo Tubarão Show, em Maricá. A tragédia suscitou discussões a respeito da necessidade emergente de implantação de mais passarelas na rodovia. Os parlamentares apoiaram familiares e amigos da vítima que realizaram nesta terça-feira um protesto na via pedindo por mais passarelas.

O vereador Tatai pediu apoio da deputada estadual, Rosângela Zeidan, e afirmou ainda que fará um abaixo-assinado pedindo a implantação de uma passarela onde ocorreu o acidente.

“Fiz uma indicação em 2013 pedindo a passarela para a área e não podemos mais esperar. São vítimas, pessoas morrendo. Sábado passado tivemos uma fatalidade. A Aline perdeu uma filha de 16 anos e um bebê. Ontem fizemos um protesto, pedindo somente uma passarela. Próximo onde teve o acidente há um colégio e as crianças precisam atravessar a pista” relatou.

O presidente da Câmara de Maricá, Aldair de Linda (PT), explicou que já fez pedidos solicitando passarelas e citou que buscou informações junto ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER) pedindo a solução rápida do problema. “Ao longo desses três mandatos já perdi as contas de quantas indicações fiz para que fosse feita passarela em frente ao Tubarão Show e a escola. Fui até o Estado falar com o presidente do DER, o prefeito e a Zeidan e nada é feito. Sinceramente não sei nem o que fazer para que façam essa passarela”.

O vereador Marcinho da Construção (DEM) disse que já conversou com o prefeito Fabiano Horta e que este afirmou que fará quatro novas passarelas. “Eu havia gravado um vídeo na sexta antes do acidente falando da importância da passarela e uma fatalidade acontece logo no dia seguinte. Venho reforçar esse pedido porque não foi uma ou duas mortes. Já morreram inúmeras pessoas. O DER nada faz, se a prefeitura não fizer, ninguém faz.”

Também estiveram presentes na sessão os vereadores de Tanguá, Valdir Caetano e Jailson Antunes, além do vereador niteroiense, Renatinho. A suplente de vereadora de São Gonçalo, Priscilla Canedo, também assistiu à sessão.

 

Notícias Relacionadas