Vereadores questionam não envio de viaturas da PM para Maricá

Na última semana foram entregues mais de 200 viaturas policiais para municípios do Estado do Rio de Janeiro. Ao 12º batalhão, responsável pela segurança em Niterói e Maricá, foram entregues 15 veículos e apenas um foi destinado a Maricá. O líder do Governo, Fabrício Bittencourt e o vereador Felipe Auni lamentaram e repudiaram veementemente o descaso ao enviar uma única viatura para a cidade. 

 “O 12ºBPM recebeu 15 viaturas e somente uma veio para Maricá. Enquanto isso, o prefeito disponibilizou mais seis novas viaturas para nossa cidade. Acho que, no mínimo, cinco viaturas deveriam vir pra Maricá atender à população. Deixo aí a minha colocação ao coronel Rocha para que ele olhe com mais carinho para nossa cidade”, disse Fabrício.

O vereador Filippe Poubel (PSL) lamentou mais uma vez a morte de policiais e aproveitou para informar que protocolou dois projetos de lei para beneficiar familiares de agentes de seguranças mortos no Rio.

“Chegamos ao mês de maio e com ele a triste estatística de mais de 125 policiais baleados no Estado e pior, 45 não resistiram e vieram a óbito. O que estamos fazendo para mudar nossa realidade no Estado? Diante desse fato protocolei nesta Casa, dois projetos de lei para tentar amenizar o sofrimento dessas famílias. O primeiro autoriza o Poder Executivo a isentar do IPTU as famílias dos policiais civis, militares, bombeiros e guardas municipais falecidos residentes no município e outro autoriza o Executivo a reservar vagas nos estabelecimentos de Ensino Fundamental”.

O vereador Felipe Paiva (PCdoB) comentou a discussão na sessão passada sobre venda de drogas no entorno do Colégio Joana Benedicta. “Acompanhei pela internet a discussão sobre venda no entorno da escola. Quero dizer que fiz projeto de lei criando a Semana de Conscientização do Combate do Uso de Drogas nas Escolas. Essa não é a solução, mas é um paliativo.”

Notícias Relacionadas