Apreensões de drogas marcam primeira semana do Proeis Saquarema

Foto: Flávio Delazari / Divulgação PMS

Anúncio PMS34 cigarros de maconha, uma cartela de seda, duas trouxinhas de maconha, uma sacola com erva picada levada para perícia, R$ 27 em espécie, uma moto com registro de furto recuperada e um indivíduo preso, além de outras três pessoas autuadas; assim foi a primeira semana de atividades do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) em Saquarema. O convênio, firmado entre o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal, tem por objetivo reforçar o policiamento ostensivo na cidade.

Na cidade, o reforço policial proporcionado vem trabalhando de forma integrada com a Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública. Atualmente, 10 policiais e 3 viaturas atuam no município. Se necessário, o número de policiais pagos pela Prefeitura de Saquarema para trabalhar na segurança do município pode chegar a 30 todos os dias.

Apesar das apreensões de drogas terem sido as marcas da primeira semana de atuação do convênio, números do Instituto de Segurança Pública (ISP) mostraram uma redução no número desse tipo de casos em 2019 em Saquarema, se comparado com o ano anterior. De janeiro a dezembro de 2019, foram 118 apreensões, número 12,6% menor que o mesmo período de 2018.

Já os números de autos de prisão em flagrante cresceram no último ano. Entre janeiro e dezembro/19, foram 147 presos, um aumento de 12,2% quando comparado com janeiro a dezembro/18 (131 casos).

Estrutura – Para os próximos dias, 5 novas viaturas do modelo pick-up S10 e quatro motos para o patrulhamento chegarão à cidade, para serem utilizadas no Proeis. Desta forma, o programa terá uma maior mobilidade e operacionalidade, podendo atuar em mais pontos e de uma forma mais ágil, aumentando a segurança no município.

Implantado em diversos outros municípios do Estado do Rio de Janeiro, o Proeis permite que os municípios contratem policiais de folga para trabalharem na ronda e patrulhamento das vias do município. O programa permite que os PMs recebam gratificação por conta da adesão. Em Saquarema, o programa é custeado pela Prefeitura.

Notícias Relacionadas