Rio de Janeiro,

domingo, agosto 7, 2022
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #51

Atuação integrada quer aumentar sensação de segurança em Maricá

Mais lidas

Durante reunião nesta sexta (18), representantes da Secretaria de Ordem Pública de Maricá e do 12° Batalhão de Polícia Militar discutiram a segurança pública no município. A ideia é melhorar a ostensividade do policiamento da cidade através de ações integradas entre os efetivos.

“O que fizemos hoje foi alinhar nossos procedimentos operacionais, para evitar que haja superposição, num mesmo local, de equipes da Guarda, da 6ª CIA e do Proeis. Assim ganhamos com maior ostensividade das três forças”, explicou o secretário de Ordem Pública, Ten-Cel Rhonaltt Bueno.

Foi apresentado aos representantes do 12° BPM, Cap. Nunes (comandante da 6° CIA, responsável pelo policiamento em Maricá) e Major Hudson (que cuida do planejamento operacional do batalhão), o planejamento da circulação de veículos da Guarda Municipal. Os policiais sugeriram mudanças no posicionamento e a movimentação desses carros, como mudanças de horário das rondas e de locais para baseamento das equipes.

A ideia é a integração dos efetivos da GM, da 6° CIA e dos policiais que atuam no Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) em Maricá. Com isso, mais locais serão patrulhados, aumentando a sensação de segurança e evitando que alguma área da cidade fique descoberta, enquanto em outra há mais agentes que o necessário.

Todas as alterações foram sugeridas usando a mancha criminal (mapa com as áreas de incidência de crimes demarcadas) de Maricá.

spot_img
spot_img

Últimas noticias