Bacaxá vive dia de ruas com pouco movimento e comércio fechado

Fotos: Saquarema da Depressão

A população saquaremense parece ter entendido a importância da quarentena em casa; as ruas de Bacaxá, principal centro comercial da cidade, estiveram vazias durante grande parte desta sexta-feira (20). Comerciantes também não abriram seus estabelecimentos.

Segundo a página “Saquarema da Depressão”, por conta da crise do Coronavírus, muitos comerciantes optaram por fechar as suas lojas; algumas por tempo indeterminado, outras com previsão de volta no dia 30/03.

Estabelecimentos comerciais de primeira necessidade, como supermercados e farmácias, além de bancos, estão controlando a entrada de pessoas nos locais, de forma a não permitir a aglomeração no interior das lojas. Com isso, pequenas filas se formam, mas são rapidamente desfeitas.

No caso de lanchonetes e restaurantes, o funcionamento acontece apenas via delivery. Um decreto municipal proíbe o funcionamento nesses locais, a fim de evitar aglomerações.

Vale lembrar que a cidade não tem nenhum caso suspeito ou confirmado de Covid-19 (clique aqui). Ainda assim, a Prefeitura Municipal tomou uma série de medidas para evitar a proliferação da doença (leia mais clicando aqui).

Notícias Relacionadas