Rio de Janeiro,

sábado, setembro 25, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Castração de cães e gatos poderão ser marcadas por aplicativo em Niterói

Mais lidas

Os niteroienses poderão agendar cirurgias de castração de cães e gatos por um aplicativo, que será lançado em agosto pelo Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD) da Prefeitura de Niterói. A novidade marca os quatro anos de atividades do centro, que já realizou 10.290 castrações.

Entre as funcionalidades, o aplicativo, que poderá ser baixado gratuitamente por todos os smartphones com sistemas Android ou IOS, irá disponibilizar agendamento para esterilização de forma intuitiva, com escolha das opções pré-determinadas; protocolo para identificação segura e controle de agendamento/procedimento; notificação com lembrete sobre o dia da cirurgia; controle para o usuário cancelar e/ou reagendar procedimentos. Em caso de cancelamento, a vaga volta ao sistema para ser aproveitada por outro usuário.

Os usuários cadastrados na plataforma também terão acesso a informações sobre quantidades de vagas para esterilização, trazendo transparência para a população e controle aos administradores.

O dispositivo será, ainda, uma ferramenta importante para o município alimentar um banco de dados com agendamentos totais por espécie e gênero, cancelamentos ou faltas, procedimentos realizados, idade e bairro de residência dos tutores.

O sistema só poderá ser usado por moradores de Niterói. No momento do cadastro, haverá checagem do CEP junto aos Correios.

CastraMóvel – Mesmo com a pandemia, as cirurgias não foram interrompidas. Este ano, já foram castrados 1.200 animais.

“Apesar das dificuldades que a pandemia trouxe para todos, como por exemplo a falta de oxigênio no mercado e do kit intubação, ambos utilizados nas cirurgias tanto em humanos como em animais, o serviço em Niterói não parou. No CCPAD, os atendimentos são realizados respeitando os protocolos de distanciamento. Desta forma, foi possível manter a escala de cirurgias com uma pequena redução, mas sem interrupção, por ser um serviço importante para população”, explica Marcelo Pereira, coordenador da Coordenadoria Especial de Direito dos Animais (CEDA), vinculada à Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS).

Além do CCPAD, que é o centro físico para castrações, localizado no Fonseca, o município conta, desde 2020, com o CastraMóvel. Até o momento, seis bairros já foram atendidos pela unidade móvel, com a realização de mais de 1 mil cirurgias. Este mês, o veículo está em Santa Bárbara, onde foram agendadas 180 esterilizações de cães e gatos. Em agosto, a previsão é que a unidade atenda donos de animais da Ilha da Conceição.

A Coordenadoria iniciou estudos para implantação, em 2022, de dois módulos fixos de castração em duas regiões da cidade.

Mais de mil animais adotados – As campanhas de adoção de animais também são prioridade. Em quatro anos, mais de mil animais ganharam novas famílias. Desde o ano passado, em função da pandemia, as feiras presenciais foram substituídas pelas virtuais. A próxima será realizada no fim deste mês.

Para o segundo semestre, as lives de adoção serão ampliadas e estuda-se também a realização das campanhas de forma híbridas (presencial e virtual).

A Coordenadoria implantou em 2018 o programa “Esta Escola é o Bicho!” nas unidades educacionais do município, com distribuição de cartilhas e, mais recentemente, um jogo com 25 metros quadrados no qual os estudantes aprendem sobre os direitos dos animais de forma lúdica. O programa nas escolas será expandido e haverá o lançamento de uma nova edição da cartilha e de jogos para os alunos.

Modernização – A CEDA está modernizando todos os processos para dar mais agilidade, desde a marcação da castração até o mapeamento de áreas da cidade que precisam ter um foco maior no controle populacional. O objetivo é realizar campanhas pontuais nestes locais.

Outra iniciativa é o acompanhamento virtual do número de castrações, por meio do Portal SiGeo. A ferramenta de georreferenciamento permite agregar dados sobre o número de castrações já realizadas, por bairro, e informações sobre a última campanha de vacinação antirrábica, por exemplo.

A Coordenadoria ainda conta em sua estrutura técnica com um grupo de médicos veterinários residentes da Universidade Federal Fluminense UFF), numa parceria que foi fechada em 2020.

spot_img
spot_img

Últimas noticias