Hospital Geral do Ingá deixará rede credenciada de plano de saúde

O Hospital Geral do Ingá (HGI), em Niterói, será excluído da rede credenciada do plano de saúde Unimed Leste Fluminense. Em nota, a unidade informou que o convênio pediu o descredenciamento da unidade e não vai renovar o contrato que vence na próxima terça-feira (03/12).

Segundo a direção do hospital, até a data de vencimento do contrato, os atendimentos acontecerão normalmente. Serão afetados os atendimentos, consultas, exames, procedimentos cirúrgicos e internações dos usuários do convênio.

No texto, o HGI diz que “não abre mão de ter foco na qualidade assistencial prestada ao paciente em primeiro lugar” e “que sempre se manteve aberto ao diálogo com as operadoras, tendo como prioridade buscas das melhores opções do setor e do paciente”, informa.

“O Hospital Geral do Ingá trabalha pela sustentabilidade setorial, adotando as melhores práticas de gestão, e trabalhando com novos modelos de remuneração juntos as suas diversas operadoras de saúde parceiras que compartilham o valor de se oferecer a sociedade o melhor que a medicina tem”, seguiu o texto.

O motivo para o descredenciamento da unidade seria a crise financeira que o plano de saúde vem enfrentando na região. Nas redes sociais, a atitude repercutiu negativamente. “Vamos ligar para a Unimed e falar que não aceitamos o descredenciamento do HGI. É para o nosso bem. Estou muito preocupada com essa situação”, postou uma internauta.

Um abaixo-assinado solicitando à Unimed Leste Fluminense a manutenção do HGI na rede credenciada está em fase de colhimento de assinaturas. O objetivo do abaixo-assinado é manifestar o desejo de usuários do plano de saúde de que as pessoas e autoridades competentes tomem as devidas providências para que haja a permanência do HGI e conveniada à Unimed.

Procurada pelo ErreJota Notícias para esclarecer algumas questões (motivo para o descredenciamento; alternativa para os clientes; se haverá a revisão de toda a rede para 2020 e como será o procedimento com os pacientes que se encontram internados no HGI), a Unimed Leste Fluminense não retornou o contato até o fechamento desta reportagem.

Notícias Relacionadas