Maricá: 1º distrito registra quase 50% das mortes por coronavírus

Foto: Douglas Macedo / Divulgação PMN

Um levantamento realizado pelo Errejota Notícias, com base nos dados divulgados pela secretaria de Saúde de Maricá, revela que das 145 mortes por coronavírus registradas no município, 72 delas ocorreram no 1º distrito (Sede), ou seja, 49,65% dos casos.

Segundo o levantamento, os três bairros com mais registros são: São José do Imbassaí (12), Centro (11) e Araçatiba (10). Somente estes três bairros totalizam 33 mortes, o equivalente a 22,75% dos óbitos desde o princípio da pandemia.

Casos 

Um outro estudo mostra o impacto da pandemia em todos os bairros da cidade, levando em consideração somente os casos registrados.

A pesquisa aponta que há predominância dos registros no 1º distrito. O bairro com maior número de infectados, desde o princípio da pandemia, é São José do Imbassaí com 442 casos, o equivalente a 9,73%. Inoã é a segunda região mais afetada, registra 365 casos, o equivalente a 8,04%. Já o terceiro bairro com mais registros de coronavírus é o Centro com 335, equivalente a 7,38%.

Boletim epidemiológico

Maricá registrou até a última quinta-feira (19), 4.539 casos confirmados e 145 óbitos por Covid-19. Estão curadas da doença 4.328 pessoas e há no momento 66 casos ativos, além de 34 óbitos em análise pela Secretaria de Estado de Saúde.

De acordo com a secretaria de Saúde, a taxa de ocupação de leitos disponíveis para Covid-19 no período de 13/11 a 19/11 dos hospitais Conde Modesto Leal e Dr. Ernesto Che Guevara foi de 61,9%, sendo 3,6% de pacientes de outros municípios.

Nota técnica

A nota técnica semanal divulgada pela Secretaria de Saúde de Maricá mantém a cidade na Bandeira Amarela estágio 2 em razão do comportamento de platô da pandemia detectada pelos indicadores da área de saúde.

 

 

Notícias Relacionadas